quinta-feira, 14 de julho de 2016

Câmara Municipal de Belô homenageia congregacionalismo brasileiro

MISSIONÁRIO LUIZ ANTÔNIO REPRESENTA A CIDADE DE ALAGOA GRANDE
Gomes Silva
Jornalista

Luiz Antonio , pastor Sérgio Paulo presidente da aliança das igrejas congregacionais do Brasil, pastor Neto presidente do DNAEC nacional e presbítero Jairo falcão presidente do DOM (Departamento de Orientação Missionário).
A Câmara Municipal de Belo Horizonte (MG), aprovou Moção homenageando o congregacionalismo brasileiro pelos seus 161. A propositura foi do vereador e pastor Élvis Cortez. Da sessão, realizada nesta terça-feira (12/07), tomaram parte o presidente da Aliança das Igrejas congregacionais do Brasil, o pastor Sérgio Paulo, da Igreja Congregacional de Cruz das Armas, em João pessoa-PB, além de outros pastores que presidem a terceira distrital; o presbítero Jairo Falcão, presidente do DOM ( Departamento de Orientação Missionário) nacional e o pastor Neto, presidente do DNAEC e projetistas  bem como vereadores e convidados especiais.

Durante a sessão foi contada toda a história do congregacionalismo brasileiro, a exemplo de quem trouxe esse ministério para o Brasil; em que ano foi implantado. A história da Aliança das Igrejas Congregacionais, uma capítulo à parte, também foi inserida na programação, que fora coroada de êxito, segundo os organizadores. 

Como a Aliança Congregacional está realizando até o próximo dia 25 o 39° Projeto Missionário em Belo Horizonte, uma equipe de missionários, que está no evento, participou da sessão louvando o hino 389 dos salmos e hinos.

O missionário Luiz Antônio, da Igreja Congregacional de Alagoa Grande, participou da sessão. Segundo ele, “foi um momento marcante para os que estão participando do 39° Projeto Missionário em Belo Horizonte”.