terça-feira, 16 de setembro de 2008

A Formação De Um Líder: A Essência De Um Líder Segundo O Coração De Deus (introdução)

Joyce Meyer

Alguns se tornam líderes porque possuem qualidades inatas de liderança.

Outros, que não as possuem, vêm a ser excelentes líderes mediante treinamento específico. Contudo, mesmo os líderes natos precisam de aperfeiçoamento, pois ninguém nasce totalmente preparado para tal incumbência.

Deus me chamou para o ministério há muitos anos, mas não foi da noite para o dia que me encontrei realmente preparada para assumir uma posição de liderança. Também não foi apenas uma questão de semanas para chegar ao topo da liderança. Cheguei a pensar que já estivesse pronta, mas, na verdade, não
estava.

O problema era que o fruto do Espírito não era visível em minha vida1 nem evidente em meu caráter. Eu não demonstrava possuir estabilidade, fidelidade, paciência, alegria, amor, bondade, gentileza nem mansidão. Quanto à humildade, era ainda pior: eu não tinha absolutamente nenhuma. Só pensava em mim mesma; só me importava com os meus próprios desejos, agindo como queria.

Se naquela época eu estivesse numa posição de liderança, ao invés de ajudar as pessoas a trazer à tona o melhor de si, como um líder deve fazer, eu certamente teria transformado a vida dos meus liderados e a minha própria numa tragédia. Apesar de tudo isso, porém, Deus me vocacionou para ser líder. Às vezes eu ficava me perguntando por que Ele não chamava aqueles que já se encontravam plenamente preparados para liderar. Hoje creio que Ele não o faz porque não conseguiria encontrar ninguém assim: tais pessoas não existem.

É impressionante constatarmos que há um grande número de pessoas talentosas que estão ociosas, sem fazer absolutamente nada. Talvez você, leitor, seja uma delas. Nesse caso, afirmo-lhe que o fato de Deus usá-lo ou não depende de muitos outros fatores além dos dons e talentos que Ele lhe deu.

O fato de Deus nos usar ou não está relacionado ao nosso caráter, à nossa maturidade, que é o fruto do Espírito, bem como à nossa conduta e à atitude do nosso coração. Neste estudo, quando menciono o coração da pessoa, refiro-me à maneira como ela se relaciona com Deus, com os outros e com as circunstâncias.

Poderíamos até mesmo substituir a palavra coração pela palavra atitude. Creio que Deus nem sempre usa as pessoas mais talentosas, mas aquelas que têm a melhor atitude interior, isto é, que têm um coração reto para com Ele.

Muitos tentam serem líderes, mas nunca passaram por um processo de treinamento. Também não amadureceram nem desenvolveram o caráter e têm uma atitude errada no coração. Se continuarem assim, creio que nunca serão os líderes que Deus quer que sejam. Para ser um líder forte, há certas experiências pessoais pelas quais precisamos passar, ao mesmo tempo em que devemos mantemos a atitude correta no coração.

Mas por que deveríamos querer passar por certas coisas para desenvolvermos o potencial que Deus nos deu? Bem, uma das razões é que só atingiremos a plenitude quando desenvolvermos esse potencial.

Alguns gostariam de desenvolver o seu potencial, porém não sabem nem por onde começar. Outros até o sabem, mas não sabem como avançar para alcançar a linha de chegada. Se você se enquadra em uma dessas categorias, livro A Formação de Um Líder o ensinará a alcançar seus alvos e a cumprir os bons planos de Deus para você. Irá também aprender o que é necessário para desenvolver as qualidades de um líder eficaz.

Leia o livro A Formação de Um Líder