sábado, 29 de agosto de 2009

Câmara vai debater Democratização da Comunicação

O presidente do poder legislativo campinense, vereador Nelson Gomes Filho é autor da propositura que pede a realização de uma sessão especial para discutir a Democratização da Comunicação. A iniciativa atende uma reivindicação solicitação do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado da Paraíba.

O vereador destacou que na sessão especial serão abordados vários assuntos relacionados a comunicação, entre eles a Conferência Municipal Comunicação que será realizada em Campina Grande ainda este ano pelo Sindicato da categoria com apoio das demais entidades que agregam profissionais da comunicação.

Para a sessão especial deverão ser convidados Sindicato dos Jornalistas, Associação Paraibana de Imprensa – API, Associação Campinense de Imprensa – ACI, Curso de Comunicação Social da UEPB, Rádios, Jornais, TV, sites, Igrejas, estudantes, professores, entre outras entidades de classes.

Redação iParaíba com Ascom

sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Sociedade Bíblica participa de comemorações do bicentenário do criador do sistema de leitura braile

O ano de 2009 marca os 200 anos de nascimento de Louis Braille, criador do sistema de leitura para deficientes visuais que recebeu seu nome. Por seu trabalho social voltado a deficientes visuais, a Sociedade Bíblica do Brasil faz parte da Comissão Paulistana para o Bicentenário de Louis Braille. A entidade produz, desde 2002, a Bíblia Sagrada completa em braile, na língua portuguesa, cujos exemplares são distribuídos gratuitamente às pessoas cadastradas no Programa Inclusão do Deficiente Visual. “São mais de 2,5 mil os beneficiados pelo programa. É muito gratificante contribuir para este importante processo de inclusão, que o conhecimento do braile propicia”, afirma Erní Seibert, secretário de Comunicação e Ação Social da entidade.

Para comemorar a data, haverá, em São Paulo, concerto, ciclo de palestras e o Prêmio Literário “200 Anos de Louis Braille”, que, lançado em maio deste ano, premiará textos inéditos nas categorias contos e poesias que destaquem os méritos de Louis Braille. Estão sendo avaliados 52 textos – 29 contos e 23 poesias –, enviados por moradores de 11 estados brasileiros. Integram a comissão julgadora os jornalistas Heródoto Barbeiro, Sílvia Ferreira Ramos e Marcos Piva, o diretor presidente da ADEVA, Markiano, a museóloga Amanda Tojal, a tradutora Olga Itocazo, e o bibliotecário Lourival Pereira. Os vencedores serão divulgados durante o III Encontro de Pessoas com Deficiência Visual, no dia 19 de setembro, no Museu da Bíblia, em Barueri (SP), promovido pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB).

O Ciclo de Palestras "200 Anos de Nascimento de Louis Braille - O Sistema Braille como instrumento de conquistas" (programadas para acontecer em São Paulo, de agosto a novembro de 2009), abordará temas relacionados ao sistema de escrita e leitura em relevo e seu inventor. Com inscrição gratuita, são voltados para professores, profissionais, familiares e demais interessados.

A palestra de abertura aconteceu dia 26 de agosto, focando “A Produção do Livro em Braille”. As demais palestras são: “O Braille Nosso de Cada Dia” (12/09); “O Braille nos dias de Hoje: sua história e seu futuro” (19/09); “O Sistema de Leitura e Escrita em Braille no Processo Educacional do Público Deficiente Visual” (07/10); “O Braille no Cenário das Novas Tecnologias” (11/11), e “Políticas públicas e o Braille” (18/11). Confira, a seguir, a programação completa:

A Palestra “O BRAILLE NOS DIAS DE HOJE: SUA HISTÓRIA E SEU FUTURO”, inserida no III Encontro de Pessoas com Deficiência Visual e Instituições, é realizada pela Sociedade Bíblica do Brasil. Acontece dia 19 de setembro de 2009, sábado – das 8h30 às 12h, no Museu da Bíblia - Av. Pastor Sebastião Davino dos Reis, 672 – V. Porto, Barueri – SP. Inscrições: (11) 4168-6225.

Sobre Louis Braille

Natural de Coupvray, pequena aldeia a leste de Paris, Louis Braille nasceu em 4 de janeiro de 1809. Ficou cego em 1812, aos três anos, após se acidentar na oficina do pai. Ao tentar perfurar um pedaço de couro com uma sovela, aproximou-a do rosto, e acabou por ferir o olho esquerdo. A infecção se expandiu e atingiu o outro olho, deixando-o completamente cego. Para desenvolver um sistema de leitura e escrita para pessoas cegas, ele utilizou como base o sistema de Barbier, utilizado para a comunicação noturna entre os soldados do exército francês. Em 1837, Louis Braille apresentou a versão final do sistema que, embora tenha levado algumas décadas para ser aceito na França, antes do final do século XIX já havia se difundido pela Europa e por outras partes do mundo.

Sobre o Sistema Braille

É um sistema de leitura para cegos por meio do tato, criado pelo francês Louis Braille, que perdeu a visão aos três anos de idade. Braille apresentou a primeira versão do seu sistema de escrita e leitura com pontos em relevo para a utilização do deficiente visual em 1825. Sua escrita é baseada na combinação de seis pontos, dispostos em duas colunas de três pontos, que permite a formação de 63 caracteres diferentes que representam as letras do alfabeto, números, simbologia aritmética, fonética, musicografia e informática.

Fonte: Agência Soma

Igreja, Missão, Espiritualidade, Braille 200 anos, Oração em Família

O pastor Elben Lenz Cezar (Revista Ultimato) estará falando na Igreja Metodista de Vila Isabel, no Rio, sobre "Missão Integral e Espiritualidade Cristã". A ideia, segundo os organizadores, é demonstrar “a relevância de uma igreja missionária que não perde seus conteúdos e identidade fundamentais diante do mundo pós-moderno”. Será nos dias 29 (17h) e 30 de agosto. No domingo: 9h - Culto de gratidão pelos 107 anos da Sociedade de Mulheres e 19h - Culto dirigido pela Sociedade de Jovens. Leia também sobre eventos da Fraternidade Teológica do Rio de Janeiro, lançamento de livro da Encontro Publicações e participação da Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) na Comissão Paulistana para o Bicentenário de Louis Braille.

O pastor Elben, que estará no Rio para o encontro da Rede Nacional de Ação Social (Renas), vai também ao Instituto de Estudos da Religião (Iser), no bairro da Glória, para integrar a mesa de reflexão e debates "Igreja e Missão: Entre Simonton e Lausanne", promovido pela Fraternidade Teológica do Rio de Janeiro.

Também edificante, e bem editado, é o vídeo de lançamento do livro de meditações diárias "Orando em Família 2010", da editora Encontro Publicações, sediada em Curitiba.

Lançado site que mobiliza igrejas e outros segmentos pela educação pública de qualidade

A Mobilização Social pela Educação, que conta com animada e esperançosa participação de algumas igrejas cristãs, agora tem mais uma ferramenta de trabalho: um site próprio do movimento no portal do Ministério da Educação (MEC). Segundo o blog do movimento, a página "é um novo instrumento de divulgação das ações que vem ocorrendo em todo o País e que envolvem as famílias e a sociedade em atividades voltadas à garantia do direito de todos e cada um dos brasileiros à educação de qualidade". Lançado há poucos dias (21/8), o site ainda está em fase de implantação definitiva. A área destinada às instituições religiosas, por exemplo, ainda estava "aguardando contéúdo" na terça (25).

Leia o restante dessa matéria

Fonte: Agência Soma

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

Marina: Contra o pragmatismo, pela semeadura

Marina Silva, a virtual candidata do PV

Um dos argumentos que a senadora Marina Silva (AC) ouviu para não sair do PT foi que o lançamento de sua candidatura à Presidência poderia inviabilizar o “projeto histórico” do partido no qual militou por quase 30 anos. Lançou mão de personagens da Bíblia para comparar a candidatura Dilma Rousseff e uma candidatura pelo PV à luta entre o gigante Golias e Davi.

Na Bíblia, Davi vence. Marina, 51, insiste em que a decisão sobre sua eventual candidatura só será anunciada em 2010.

FOLHA - Antes de mudar de partido, a sra. mudou de religião, de católica para evangélica. No ano passado, equiparou a teoria da evolução de Charles Darwin ao criacionismo, que atribui a origem da vida a Deus. Entre fé e ciência, a sra. fica com a fé?
MARINA SILVA - Houve um completo mal-entendido. Fui dar palestra em uma universidade adventista, que é uma faculdade confessional. A legislação brasileira permite as escolas e as faculdades confessionais, que têm o direito de fazer a abordagem do ensino a partir da perspectiva religiosa. Um jovem me perguntou o que eu achava de as escolas adventistas ensinarem o criacionismo. Respondi que, desde que ensine também a teoria da evolução, não vejo problema. A partir daí, as pessoas começaram a dizer que eu estava defendendo o criacionismo. Sou professora, nunca defendi essa tese e nem me considero criacionista. Porque o criacionismo é uma tentativa de explicação como se fosse científica para responder a questão da criação em oposição ao evolucionismo. Apenas acredito em Deus, é uma questão de fé. Nunca tive dificuldade em respeitar e me relacionar com os ateus, com pessoas que professam outras crenças ou outra forma de pensar diferente da minha.

FOLHA - E essa fé a impede de discutir questões como a descriminalização do aborto?
MARINA - Questões de fé e as convicções de cada um devem ser respeitadas. Não me envergonho de dizer que sou cristã e jamais tergiversaria sobre minha fé para ganhar simpatia de quem quer que seja. Seria capaz de perder todos os votos, de nunca mais ser eleita, mas nunca faria um discurso fácil.
(…)
FOLHA - O presidente do PV disse ter feito o convite à sra. para ser candidata ponderando que haveria muitas limitações de dinheiro e de espaço na televisão. Com quanto dinheiro se faz uma campanha?
MARINA - (…) Se comparar o tempo de TV da candidatura do PT -o que significa o Bolsa Família, o PAC, o Luz para Todos, o que significa (o programa) Minha Casa, Minha Vida, ter um presidente com 80% de credibilidade, ter palanques de A a Z em 5.000 municípios, com uma militância de 1,6 milhão de filiados- com a de um partido pequeno, com menos de dois minutos na TV, sem palanques, é como se fosse uma luta de Golias contra Davi. Como não imagino que a candidatura do PT é Golias e nem tenho a pretensão de ser o Davi, só posso imaginar que a minha funda vai se lançar contra o Golias da desesperança, do pragmatismo. Tenho experiência nisso. Se fosse fazer cálculo em termos pragmáticos, nunca teria feito nada. O esforço é por aquilo que significa em termos de semeadura.

FOLHA - O que não é sustentável hoje no Brasil?
MARINA - O próprio modelo de desenvolvimento, que tem origem numa visão equivocada de que os recursos naturais eram infinitos. Temos de aprender a lidar com essa limitação no sentido de criar novas práticas, novas oportunidades, nova relação de produção e consumo. Aqui
Repórter: Marta Salomon, na Folha

Fonte: Blog de Reinaldo Azevedo

Comento
A “semeadura” de Marina é aquela da metáfora bíblica, a do verbo. Com a semeadura do agronegócio, que segura a barra do Brasil, ela não quer muita conversa.

NOTA DA REDAÇÃO
Independente de Marina Silva ser evangélica - pelo que sei da Igreja Assembléia de Deus -, sempre tive grande admiração por seu trabalho em defesa da Amazônia. Claro, que ela não é perfeita, muito menos vai acabar com o cãos que acrescem assustadoramente em nosso país.

Mas que ela é uma alternativa, isso eu posso garantir.

Gomes Silva
Jornalista

domingo, 23 de agosto de 2009

Nenhum Estranho no Céu

Charles Haddon Spurgeon


Nenhum Estranho no Céu
"Guiar-me-ás com o teu conselho e, depois, me receberás em glória" (Salmo 73:24)

Dia após dia, e ano após ano, minha fé crê na sabedoria e amor de Deus, e eu sei que não terei crido em vão. Nenhuma das suas boas palavras jamais falhou, e estou seguro que nenhuma jamais cairá por terra.

Eu me coloco em suas mãos para direção. Eu não sei o caminho que deveria escolher: o Senhor escolherá minha herança para mim. Eu necessito de conselho e aviso; pois os meus deveres são complexos, e a minha condição é limitada... Eu busco o conselho do Deus infalível em preferência ao meu próprio julgamento ou os avisos de amigos...

Em breve o fim virá: mais uns poucos anos e eu partirei desse mundo para o Pai. Meu Senhor estará perto do meu leito. Ele me encontrará no portão do céu: ele me dará boas vindas à terra de glória. Eu não serei um estranho no céu: meu próprio Deus e Pai me receberá na felicidade eterna dele.

Glória a ele que
Guiar-me-ás aqui,
E me receberás no porvir. Amém

Fonte: Faith's Check Book, 31 de Dezembro.

Traduzido por: Felipe Sabino de Araújo Neto.
Cuiabá-MT, 31 de Dezembro de 2005.

sexta-feira, 21 de agosto de 2009

Nova temporada de “Ó Pai, ó” terá pastor roubando dízimo

A Globo deu início, em Salvador, às filmagens do seriado “Ó Paí, Ó”, que traz, entre os personagens da temporada, um pastor que desvia dízimos de evangélicos em seu benefício.

As gravações, iniciadas na semana passada, acontecem em meio a uma guerra com a Record, após extensas reportagens sobre denúncia acatada pela Justiça envolvendo a Igreja Universal do Reino de Deus.

“É um texto visionário, uma coincidência de que só fui me dar conta realmente ontem [anteontem], quando estava filmando. Mas isso foi escrito em abril e deve ser encarado como uma brincadeira, como também brincamos com as novelas da Globo e com o candomblé”, explica a diretora-geral da série e do filme homônimo, Monique Gardenberg (”Benjamim”).

A Globo diz, por meio de sua assessoria de imprensa, que “‘Ó Paí, Ó’ é uma produção independente que precisou de meses para preparação de roteiro e que esse trabalho antecedeu, e muito, as denúncias. Tentar fazer qualquer correlação de sua trama com os fatos que estão no noticiário é tirar completamente de contexto a proposta da série e de seus personagens”.

Depois de ter virado evangélico na última temporada, o personagem Queixão, interpretado por Matheus Nachtergaele, decide fundar a Igreja Evangélica do Tremor Divino. O nome faz referência à ameaça de desabamento do cortiço onde os personagens vivem, tema desta segunda temporada.

De acordo com o roteiro assinado por Guel Arraes, João Falcão e Adriana Falcão, o malandro Queixão, que se tornou o pastor Moisés, passa a desviar parte dos dízimos pagos pelos fiéis em benefício próprio.

“O mundo conspira com assuntos que estão no ar. Mas temos tentado fazer uma coisa livre, divertida”, afirma Nachtergaele. Anteontem, a reportagem acompanhou a gravação de uma cena na qual Queixão tenta expulsar, armado, um pastor concorrente para não precisar dividir os dízimos.

“A série foi escrita antes das notícias, mas já tratávamos disso com Joana [personagem evangélica interpretada por Luciana de Souza]. Sobre os dízimos, não fui eu quem escreveu, então é melhor você perguntar para quem escreveu”, afirmou o ator Lázaro Ramos.

A reportagem não conseguiu entrar em contato com os autores até o fechamento da edição.

Fonte: Folha

NOTA DA REDAÇÃO

Essa notícia me deixou com a pele nervosa, fervorosa, intrigante e na condição de um abandonado. A Globo, com sua ira tirana da Igreja Universal do Reino de Deus, inventa de incluir em um de seus piores programas, o personagem de um pastor roubando dízimos. Isso é uma esculhambação, ódio e uma perseguição na tentativa de descredibilizar os homens a quem Deus confiou o ministério pastoral.

Não temos nada com a briga de audiência entre a Globo e a TV Record muito menos com a intriga ferrenha da Família Marinho com o senhor Edir Macedo, líder da Igreja Universal.

É chegada a hora da Ordem dos Ministros Evangélicos do Brasil - OMEB, mostrar a sua "cara" e o seu papel na defesa de seus associados.

Os pastores brasileiros não podem ser penalizado com uma ação diabólica da Globo, que tenta desmoralizar a classe de Ministros do Evangelho por conta de sua briga com a IURD.
Chega, Globo, de nos perseguir.

Gomes Silva - DRT/PB Nº 1048
Pastor e jornalista
Campina Grande - PB

Marcha para Jesus deve reunir mais de 5 mil fiéis

Neste sábado, 22, a partir das 15h00, acontece nas ruas João Passos e Amando de Barros, a ‘Marcha com Jesus’, organizado pelo Conselho de Pastores, instituição que reúne mais de 20 denominações religiosas evangélicas seculares e pentecostais.

Os organizadores esperam reunir cerca de mil pessoas na Marcha e outras 5 mil em um inédito “culto-show” na Praça do Paratodos, logo após o encerramento da Marcha.

A concentração da manifestação religiosa será no início da tarde, na Praça do Paratodos e por volta das 15h30 os evangélicos sairão em caminhada pela rua João Passos, descem a Campos Salles e entram na Amando de Barros, encerrando a manifestação novamente no Paratodos.

A Marcha com Jesus está completando 13 anos em Botucatu e neste, haverá cerca de 10 horas seguidas de eventos, intercalando orações, depoimentos e shows, com foco especial para a pastora e cantora carioca Ludmila Ferber, por volta das 18 horas.

De acordo com a Secretária do Conselho de Pastores, Lílian Galvão, há 2 anos a presença de Ludmila é esperada pelos fiéis. A Praça do Paratodos receberá infra-estrutura adequada para receber o público evangélico, com praça de alimentação, parque de diversão, auxílio médico e seguranças.

Fonte: Entrelinhas.com

NADA PODE SER OCULTADO

Porque Deus há de trazer a juízo toda obra, e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau. (Eclesiastes 12:14)

Um navio levando uma carga de contrabando, avistou um barco do governo em seu caminho. O capitão chamou seus homens para lançar o produto ao mar. Eles fizeram isso, mas para seu desânimo, uma longa linha de caixas flutuou expondo mais facilmente a sua culpa do que se eles as tivessem deixado onde estavam. O pecado não afunda. Ele não pode ser escondido de Deus.

Às vezes, passamos mais tempo de nossa vida tentando ocultar fatos que julgamos impedir nossa felicidade do que buscando alcançá-la. Uma situação enfrentada no passado, uma decepção em relação a um amigo ou parente, uma frustração por um alvo não atingido, um pecado que, apesar de já ter passado muito tempo, teima em nos atormentar.

Guardamos tudo a sete chaves, no porão do navio de nossa vida, temendo sempre que num determinado momento ou circunstância, alguém o possa descobrir. Tudo isso em vão, porque não há nada que possa ser encoberto para sempre, e a única coisa que conseguimos, quando agimos assim, é jogar fora a possibilidade de sermos felizes.

Quando depositamos todos esses fardos, que pesam sobre nossas costas, aos pés de Jesus, Ele nos compreende, nos trata com amor, perdoa o que tem que ser perdoado, e aí, sim, envia tudo para o mais profundo do mar. Só Ele pode afundar nossos pecados para sempre!

Que sua felicidade não esteja oculta, mas totalmente visível na presença de Jesus!

Por: Paulo Roberto Barbosa

Enviado por: Manoel Basílio - Campina Grande

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

UFPB inscreve para o PSS 2010


Prosseguem até o dia 28 de agosto as inscrições para o Processo Seletivo Seriado (PSS-2010) da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Os estudantes interessados em disputar as 6.955 (6.855 para os cursos de graduação, 40 para os cursos de Formação de Oficiais Policial Militar e Bombeiro Militar e 50 vagas para os cursos de Habilitação a Oficial Policial Militar e Bombeiro Militar) podem realizar a inscrição online na página www.coperve.ufpb.br.

A Comissão Permanente do Concurso Vestibular (Coperve) disponibilizou oito locais de inscrição: João Pessoa, Campina Grande, Patos, Sousa, Areia, Bananeiras, Mamanguape e Rio Tinto. Em João Pessoa, as inscrições online acontecem no auditório da Escola Estadual Pedre Hildon Bandeira, no bairro da Torre. Em Campina Grande, o ponto de inscrição fica no Shopping Luiza Motta.

Após a inscrição online, o canditato precisa imprimir a Guia de Recolhimento da União (GRU) e fazer o pagamento até o dia 31 de agosto, em qualquer agência do Banco do Brasil. A taxa de inscrição para quem vai realizar apenas a prova da 1ª série (PSS 1), é de R$ 44. Para a 2ª série (PSS 2), quando o candidato tiver sido considerado apto nas provas do PSS 1, o valor é de R$ 27,50. Já o estudante que vai fazer as provas do PSS 1 e do PSS 2 deve pagar a taxa de R$ 66. Para a prova da 3ª série (PSS 3) apenas, o valor é de R$ 27,50. E para o conjunto das três provas, a taxa de inscrição é de R$ 93,50. Alunos de escolas públicas são isentos, mas devem adquirir, obrigatoriamente, o manual do candidato, que custa R$ 10.

A Coperve alerta que o aluno precisa ficar atento ao seu dia específico de inscrição, mas caso venha a perder a data, poderá fazer a inscrição em outro dia.

Outras informações no endereço eletrônico www.coperve.ufpb.br ou pelo telefone (83) 3244 1580

sexta-feira, 14 de agosto de 2009

A crise econômica muda os relacionamentos

Seria inocente pensar que a crise altera apenas a configuração do cenário econômico e dos negócios. Ela também tem atingido os relacionamentos e se adaptar à nova realidade está dando trabalho para muita gente.

Para quem perdeu o emprego, perdeu dinheiro na bolsa ou viu seu negócio ir pro brejo, convidar os amigos para uma noitada está fora de cogitação. Às vezes, até mesmo aqueles jantares em casa com os amigos foi cortado do orçamento.

E como ficam os relacionamentos frente à inevitável necessidade de cortar os gastos e reestruturar o estilo de vida?

Leia reportagem da revista Slate e descubra como os norte-amercanos estão lidando com a perda do poder de compra devido à crise.

Fonte: Fábio Nogueira

terça-feira, 11 de agosto de 2009

Já que Veneziano disse, eu reafirmo

Pr. Gomes Silva

Quando cheguei a Campina Grande, lá pelos anos 80, do século passado, conheci o jornalista Humberto de Campos. Comentarista esportivo dos mais gabaritados que tive o prazer de conhecer na nossa “pequenina e heróica”, além de um exímio articulista do Jornal Diário da Borborema, onde fomos contemporâneos. Lembro-me que ele sempre dizia: Eu não sou baú para guardar segredos. Aprendi essa lição. Contudo, “esqueci” em nome da lealdade a fontes fidedignas.

O que quero dizer com isso? Fui informado por uma alta figura da política da Paraíba (e olha que o homem já faz tempo que ocupa cargos públicos importantes), que me assegurou que pelo lado do governador José Maranhão muita coisa já está definido para as eleições de 2010. A única “dúvida” está no nome que deverá concorrer candidato a vice-governador de Maranhão, já que está dependendo de acertos com os partidos de aliados.

E para minha surpresa, o prefeito de Campina Grande, Veneziano Vital do Rêgo (não sei por que cargas d´águas), veio a público, agora, antecipando a sua renúncia ao cargo para disputar a vice-governadoria ou uma das duas cadeiras do Senado destinadas à Paraíba. Claro que isso faz parte do jogo político. Porque, de fato, e podemos afirmar em primeira mão, que Veneziano será um dos candidatos do PMDB ao Senado. O outro nome seria o do deputado federal Luiz Couto (PT), mas ele não está contente com a idéia. A linha de raciocínio dela versa sobre outras pretensões políticas. Talvez, a reeleição.

O vice-prefeito José Luiz Júnior, que tem tinha para 2010 a pretensão de concorrer à deputação federal, optou pela administração municipal, mesmo que, pelo período de dois anos. Aliás, um antigo sonho do ex-jogador de Galo e Raposa. Assim, teremos – pelo que tenho conhecimento -, o primeiro prefeito evangélico de Campina Grande. Claro, dependendo do que possa acontecer, pois, em política tudo pode acontecer.

Pelo menos as declarações de Veneziano, que estão hoje nos principais jornais do Estado, deixam claro um detalhe: Que ele (O Cabeludo), está mais do que nunca afinadíssimo com o governador José Maranhão, descartando, assim, qualquer possibilidade de ir para outro partido para concorrer ao Governo do Estado.

______________
Antes de ser pastor, o jornalista Gomes Silva viveu e acompanhou a política paraibana por mais de 25 anos

quarta-feira, 5 de agosto de 2009

As Testemunhas de Jeová são uma Seita?

Joaquim de Andrade

Para sabermos isto precisamos perguntar: O que é uma seita? O Dicionário Aurélio – Século XXI define entre outras como: “Comunidade fechada, de cunho radical”. Ainda falando sobre o assunto A Sentinela de 15 de fevereiro de 1994 define: “São as Testemunhas de Jeová uma seita? Os membros de seitas com freqüência se isolam da família, dos amigos e até da sociedade em geral. Dá-se isso com as Testemunhas de Jeová?” Deixemos então que as próprias TJ’s respondam através de suas revistas.

Será que elas se isolam da família e dos amigos?
“Ainda há aqueles que pensam que podem permitir a si mesmos buscar associação com amigos ou familiares mundanos para entretenimento” (A Sentinela 15 de fevereiro de 1960 – em inglês)

Será que elas se isolam da sociedade?
“Não deve haver nenhuma parceria, nenhuma associação, nenhuma parte, nenhuma partilha com incrédulos. Por outras palavras, nenhuma associação com eles...” (ibdem)

Será que se isolam daqueles que não concordam com seu ponto de vista?
“Não queremos confraternizar com pecadores deliberados, porque não temos nada em comum com eles.” (A Sentinela 15 de Março de 1996)

São de cunho radical?
As TJ’s odeiam aqueles que têm pontos de vista diferente e se apartaram da Organização? Como elas os tratam?

“nunca os receba em seu lar nem os cumprimente...Estas são palavras enfáticas, orientações claras.” (A Sentinela 15 de Março de 1986 pág.13)

Então ela é ensinada a odiá-los?

“Queremos ter a lealdade que o rei Davi evidenciou ao dizer: “Acaso não odeio os que te odeiam intensamente, ó Jeová...?Odei-os com ódio consumado...” (A Sentinela 15 de Março de 1996 pág.16)

Agora preste atenção na hipocrisia:

“É verdade que as pessoas talvez discordem veementemente entre si nas suas crenças religiosas, mas não existe base para odiar uma pessoa só porque ela tem um ponto de vista diferente...” (o Homem em busca de Deus, pág. 10)

Então porque elas ensinam a odiá-los?

“Não tem sido culpadas de representar uma farsa por dizerem ‘amamos a Deus’ ao passo que odeiam seus irmãos de outra nacionalidade, tribo ou raça.” (Poderá Viver para sempre no Paraíso na Terra, pág. 189/90)”

O que temos lido acima pode ser chamado de amor?

Creio que já deu para perceber o perigo que corre os que se filiam a esta religião.Quanto a isto não precisamos nem de literatura para provar, pois os fatos falam por si. Olha para a vida de uma TJ, não permitem transfusões de sangue, não participam de feriados ou festas como natal, ano novo, aniversários. Não servem à pátria nos serviços militares e ainda se consideram a única religião verdadeira. Precisa mais para saber se eles são realmente radicais? Você gostaria de levar uma vida assim?

Sim, as Testemunhas de Jeová é realmente uma seita e como tal deve ser evitada. Jesus nos adverte quanto a este de religião ao dizer “Acautelai-vos dos falsos profetas”.

Fonte: www.cacp.org.br

A Ressurreição Física de Jesus

João Flávio Martinez

É argumentado pelas TJ que Jesus não ressuscitou com o seu corpo do sepulcro. Vejamos o que é dito: “...sua volta nunca poderia ser com o corpo humano” (livro “Poderá viver... pág.143). Pelo que vemos as TJs desacreditam da ressurreição de Jesus. Alegam que Jesus não poderia ser assunto ao céu em um corpo físico. Entretanto a Bíblia mostra que Jesus subia ao céu e voltará de lá em um corpo físico (leia: Jo.20:24-27, At.1:11 - TNM). Parece que as TJ desconhecem a passagem de II Reis 2, onde Elias foi assunto ao céu com o seu corpo humano, mostrando-nos assim que o céu é um lugar real. Alias o mundo espiritual é um lugar real.

O Apóstolo Paulo nos fala que a ressurreição literal de Cristo é a nossa maior esperança, pois se Deus pode ressuscitar a Jesus em um corpo físico e imortal, também poderá ressuscitar o nosso. Veja que Paulo diz; “E, se Cristo não foi ressuscitado, logo é vã a nossa pregação, e também é vã a vossa fé” (I Cor.15:14). Realmente o pregado pela Sociedade Torre de Vigia é vão, pois se não se crê na ressurreição literal de Cristo tudo é vão. Ainda bem que a verdadeira Igreja acredita na Bíblia literalmente.

O diabo é que gosta de inventar falsas interpretações, que gosta de torcer a Palavra de Deus, que gosta de pegar o que é literal e inventar estórias malignas e sem fundamentos. Alias, os livros da Sociedade Torre de Vigia não observam nenhuma regra de interpretação bíblica, mas apenas aceitam as loucuras de alguns loucos que já morreram. Oremos para que Deus tenha misericórdia dessas pobres e moribundas almas.

______________________________________________
Para saber mais sobre as Testemunhas de Jeová – O CACP disponibiliza para você, por um preço especial, os seguintes produtos:

www.cacp.org.br

Estudo: I Pe 3.18 - mortificado, na verdade, na carne, mas vivificado pelo Espírito

1 Pe 3.18 e a ressurreição de Jesus

As Testemunhas de Jeová negam a ressurreição corporal de Jesus. Declaram que sua ressurreição foi apenas espiritual, e que o corpo de Jesus foi desintegrado por Deus: Certa ocasião, Ele até mesmo fez com que o apóstolo Tomé pusesse a mão na marca do ferimento em Seu lado, de modo que Tomé cresse que Ele realmente havia sido ressuscitado (João 20:24-27). Não prova isso que Cristo foi levantado no mesmo corpo em que fora morto? Não, não prova (Poderá Viver Para Sempre no Paraíso na Terra. STV. Edição de 1989. P. 144).

Resposta (leia com atenção)

Jesus ressuscitou corporalmente e não como espírito glorificado. Em Rm 8.11 lê-se que Jesus foi ressuscitado pelo Espírito Santo: E, se o Espírito daquele que dentre os mortos ressuscitou a Jesus habita em vós, aquele que dentre os mortos ressuscitou a Cristo também vivificará os vossos corpos mortais, pelo seu Espírito, que em vós habita. O texto em questão não declara que Jesus foi ressuscitado como espírito glorificado e, sim, que Ele foi ressuscitado corporalmente pelo poder do Espírito Santo. Tomé tocou no corpo ressurreto de Jesus e foi convencido da realidade desse corpo. Entretanto, admitindo-se que Jesus materializou um corpo para se apresentar a Tomé, isso significaria que Ele estaria enganando a Tomé, dado que o corpo seria apenas uma materialização e não o mesmo corpo crucificado e colocado no túmulo (Ver Lc 24.1-6).

A Bíblia diz: Disseram, pois, os judeus: Em quarenta e seis anos foi edificado este templo, e tu o levantarás em três dias? Mas ele falava do templo do seu corpo. Quando, pois, ressuscitou dentre os mortos, os seus discípulos lembraram-se de que lhes dissera isto; e creram na Escritura, e na palavra que Jesus tinha dito (Jo 2.20-22). E Jesus declarou: Vede minhas mãos e os meus pés, que sou eu mesmo; apalpai-me e vede, pois um espírito não tem carne e nem ossos, como vedes que eu tenho. E, dizendo isto, mostrou-lhes as mãos e os pés. E, não o crendo eles ainda por causa da alegria, e estando maravilhados, disse-lhes: Tendes aqui alguma coisa que comer? Então eles apresentaram-lhe parte de um peixe assado, e um favo de mel. O que ele tomou, e comeu diante deles (Lc 24.39-43).


Fonte:
Bíblia Apologética

terça-feira, 4 de agosto de 2009

Pastor e fiel são denunciados pela OAB por intolerância religiosa

Pr. Gomes Silva

Você vai ler abaixo, matéria do portal Alagoas 24 Horas, noticiando que um pastor e um membro de "sua" igreja por intolerância religiosa. Leia a matéria e depois eu faço o meu comentário a respeito. Não deixe de ler a Nota da Redação.
Eis a matéria...

A Comissão de Defesa das Minorias da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Alagoas (OAB/AL), denunciou um pastor evangélico da Igreja Internacional da Esperança e um fiel por vilipendio, intolerância religiosa e discriminação, ao procurador-geral de Justiça, Eduardo Tavares.

De acordo com o documento encaminhado ao Ministério Público Estadual, o fiel, identificado como José Torres Ferreira de Oliveira Filho, e o pastor teriam invadido um culto de Candomblé, que existe desde 2006 na cidade de Marechal Deodoro, e quebraram as imagens dos orixás.

A denúncia foi apresentada ao promotor Ubirajara Ramos, mas deve ser encaminhada a Eduardo Tavares. De acordo com Ramos, o procurador-geral de Justiça deve mandar a denúncia para a promotoria criminal de Marechal Deodoro, para que seja instaurado o procedimento investigativo criminal.

O MP pode ainda solicitar o inquérito que já foi instaurado pela Polícia Civil de Alagoas, quando a denúncia foi feita pelos frequentadores do culto na Delegacia Distrital de Marechal Deodoro. A Ordem tenta ainda, juntamente com os denunciantes, identificar o pastor. “Nós estamos procurando o MP por conta da omissão por parte do poder público”, destacou ainda o presidente da Comissão de Defesa das Minorias, o advogado Alberto Jorge.

Os dois religiosos são acusados de depredar um templo umbandista. A confusão se iniciou – conforme os frequentadores do templo – depois que a mãe de José Torres Ferreira de Oliveira faleceu. Ela freqüentava o templo. De acordo com o advogado, José Torres afirma que a casa onde são realizados o culto pertencia a mãe e alega que agora o terreno é dele.

Os frequentadores do templo afirmam que as ameaças continuam. “Ele já tentou invadir o local outras vezes para levar alguns eletrodomésticos que ele afirma que é da mãe, mas que pertence ao templo”, salientou. Ainda de acordo com a denúncia, José Ferreira só não ateou fogo no local porque houve a intervenção de outras pessoas que o impediram de continuar a destruição.

“José Ferreira, estava acompanhado de um pastor da Igreja Internacional da Esperança, de posse de uma pá e um pé de cabra e invadiram, destruindo o templo religioso”, disse Maria José.

Alberto Jorge disse que o pastor e José Ferreira praticaram o crime contra a liberdade de culto religioso. O caso ocorreu no dia 14 de maio deste ano.

Fonte: Alagoas 24 Horas / Gospel+Via: Notícias Cristãs

NOTA DA REDAÇÃO

Esses dois cidadãos deveriam estar na cadeia. Entrar na casa dos outros - porque mesmo que estivesse alugada, quem manda é o inquilino -, e fazer arruaças não é permitido a nenhum ser humano, imagine os agressores sendo "seguidores" de Cristo. Isso é coisa de cabra safado.

Quem já se viu fazer isto.Como é que dois homens, dizendo-se seguidores de Cristo pratica tal barbaridade. Pelo visto, a sabedoria andou, andou, chegou a esses dois e foi embora.

Meus amados, cadê o domínio próprio. Será que um caso como este vocês não teriam condição de resolver de outra forma?Vocês podem até dizer: Eles são macumbeiros e não aceito eles estarem no estabelecimento que era de minha mãe. E dai? Pelo visto esses cidadãos se acharam incapaz de entrar numa boa nesse terreirro de macumba e conversar com o "pai de santo".

Ter medo de macumbeiro, espírita? quer isso? Como pastor já entrei em terreiro de mabumba, preguei para o tal "pai de santo", conversamos sobre o que eles fazem. E nunca me trouxe sprejuízio espiritual.

Repito: Essa atitude é digna de cadeia. E merecidamente!

“Ditadura gay” consegue pregar mais uma no Brasil

Pr. Gomes Silva

A matéria que você vai ler a seguir nada mais é do que uma tentativa do movimento gay do Brasil de calar àqueles que estão trabalhando para manter os princípios bíblicos. Os gays do país vêm utilizando vários meios para evitar que integrantes desse movimento adiram à verdade: JESUS CRISTO. Mesmo que muitos estejam homossexuais – no momento -, Mas tentando sair desse “mundo”, pois já entenderam que esse mundo de promiscuidade só traz tristeza, aflição, perdas, afastamento da sociedade equilibrada, depressão, sofrimento e outras coisitas mais, eles são obrigados a aceitarem as regras do movimento.

Ou seja, se uma pessoa que está gay quiser sair, não pode. Porque para sair do “mundo” que vive, esse gay precisará de ajuda. E ajudar a um homossexual é proibido no Brasil, mesmo isto não sendo lei. A última no movimento foi sensibilizar a cúpula do Conselho Federal de Psicologia a proibir psicólogos terapeutas de ajudar àqueles que querem sair da homossexualidade. Que absurdo! E esse tal Conselho (que está brincando com coisa séria), entrou na do movimento e está seguindo essa orientação.

Esse movimento, que vem comprando uma briga com os que pregam o direito à vida e direito à liberdade de expressão, já tentou prejudicar a igreja (Evangélica e Católica) usando a Câmara dos Deputados, o Senado e o Supremo Tribunal Federal, agora se utilizado da “bondade” do Conselho Federal de Psicologia para condenar psicólogos que tentem ajudar homossexuais a voltar à heterossexualidade.

Até onde a população brasileira vai permitir essa “ditadura gay”?

Veja agora o que esse conselho decidiu em nome da promiscuidade sexual, contrariando o direito de escolha daqueles que querem sair desse “mundo”:

Leia com atenção.

Homossexualismo: Psicóloga cristã que afirmava curar gays será censurada

Por unanimidade, o Conselho Federal de Psicologia (CFP) condenou nesta sexta-feira a psicóloga Rozângela Justino (foto) por tentar, por meio de terapia, converter gays e lésbicas para heterossexuais. A terapeuta, que há 20 anos trabalha em supostos tratamentos (grifo é meu) contra a homossexualidade, receberá uma censura pública por fazer consultas prometendo a “cura” e não pode continuar essa prática. O exercício da psicologia em outras situações, no entanto, está permitido.

(O grifo é meu. E acrescento mais alguma coisa. Veja o que o conselho decidiu. Pelo que entendi, Rozângela poderá exercer sua função como psicóloga em qualquer situação, menos na ajudar a um homossexual, que queira se libertar dessa vida ).

“Haverá uma fiscalização do Conselho Regional do Rio para evitar que ela descumpra a decisão. Ela não pode em hipótese alguma fazer referência a qualquer tipo de tratamento ou de mudança de comportamento no sentido de atingir as pessoas com orientação homoafetiva” (grifo meu), explicou o presidente do Conselho Federal de Psicologia, Humberto Verona.

Um psicólogo não pode prometer a cura do homossexualismo. Ele pode ouvir as aflições de um homossexual ou de um heterossexual, mas em hipótese alguma pode prometer uma cura”, ressaltou Verona. Uma resolução do conselho de 22 de março de 1999 afirma que a homossexualidade “não constitui doença, nem distúrbio e nem perversão”.

Em seu blog pessoal, Rozângela expõe artigos sobre uma hipotética “ditadura gay” e diz integrar o “Movimento de Apoio ao Ser Humano e à Família”, “composto por profissionais que valorizam o ser humano e a família segundo os princípios cristãos”. Em diversos textos, a psicóloga afirma apoiar pessoas que desenvolveram “transtornos afetivos, comportamentais e sexuais” e informa não obrigar nenhum paciente a se transformar em heterossexual.

“A minha condenação abrirá um precedente para que mais psicólogos sejam julgados e condenados por apoiar os que voluntariamente desejam deixar a atração pelo mesmo sexo”, alega. “Esta mordaça vem sendo colocada, ao longo dos anos, em líderes de instituições de apoio ao ser humano e à família que professam a fé cristã e que apoiam os que voluntariamente desejam deixar a homossexualidade, diz em seu blog.

Pós-graduada com a tese “Uma possibilidade de resgate da heterossexualidade”, Rozângela Justino disse se sentir “amordaçada” após a condenação imposta pelo Conselho de Psicologia. Utilizando peruca, óculos escuros e máscara cirúrgica, ela confirmou que continuará promovendo tratamentos contra a homossexualidade e aconselhou que gays insatisfeitos com sua orientação sexual procurem tratamento médico.

“Estou amordaçada pelo Conselho e não posso apoiar as pessoas que voluntariamente procuram ajuda. Espero que pessoas que estão nesse estado de sofrimento procurem profissionais de suas cidades porque essa mordaça é para mim. As pessoas não estão impedidas de procurar apoio. Os ativistas gays sentem muita raiva de mim e (estou disfarçada) porque não quero ser atingida por essa ira”, comentou.

Fonte: Terra / Gospel+