quinta-feira, 5 de agosto de 2010

A onda agora é ser Patriarca

Pr. Gomes Silva
Jornalista


Tomei conhecimento esta semana que a onda agora é ser PATRIARCA? Será que isto é verdade? Será que não é alguém querendo mexer com os brios decolegas?

Sei que, biblicamente, existiu a “figura” do patriarca. Contudo, três ficaram marcados na história do Velho Testamento: Abraão, Isac e Jacó. Surgiram outros mais recentes, como os patriarcas de Católico Copta de Alexandria; Patriarca Católico Sírio de Antioquia; Patriarca Greco-Melquita de Antioquia, Jerusalém, Alexandria, e de todo o Oriente; Patriarca Caldeu da Babilônia; Patriarca Latino de Constantinopla; e Patriarca Latino de Antioquia.

Agora, surge essa onda, com algumas pessoas que eram pastores; em seguida viraram bispos, apóstolos e agora querem ser patriarcas. Fico pensando qual será a nova moda que esse pessoal vai criar.

Se já chegaram a ser patriarca, ungidos por-não-sei-quem, eles estão pertinho de alcançar o posto de Deus. Eles vão passar a ser semi Deus e, porteriormente, serão consagrados a Deus (não, não é essa oração que fazemos pelos irmãos que estou falando). O que eu quero dizer é que, como não tem outro cargo acima de Deus, eles vão investir para ser mais que o Senhor. Se é que vai dá tempo eles chegarem ao posto divino.

Deus está de olho em nós 24 horas. E nessa galera folgada também!

Silas Malafaia e o fracasso da venda de indulgências modernas

Renato Vargens
Rio de Janeiro

Ricardo Feltrin, Colunista do UOL publicou uma matéria afirmando que o pastor Silas Malafaia fracassou no objetivo de levantar R$ 1 Bilhão.

Segundo Malafaia, o dinheiro arrecadado seria empregado em evangelização em todo o mundo e manutenção de programas de TV em pelo menos 140 países. Malafaia batizou o plano de "Clube de 1 milhão de Almas". Cada fiel que aceitasse colaborar teria de doar R$ 1 mil.

Por causa do plano, o pastor recebeu severas críticas de setores não só da Assembleia de Deus, mas também de outras linhas evangélicas.

Quatro meses depois de lançado o plano, ele resulta em fracasso numérico e financeiro. Até esta terça-feira, 3 de agosto, nem mesmo 5.000 pessoas aderiram ao programa, embora o pastor esteja fazendo propaganda ostensiva em horários que adquire na TV e no rádio.

Segundo Feltrin se prosseguir na atual toada, o pastor levará 330 anos para completar o milhão de almas. O acordo que ele disse ter fechado para exibir programas em outros países seria válido apenas para este ano.

O "sócio" de Malafaia na empreitada é Mike Murdock, que é pregador conhecido como ferrenho defensor da teologia da prosperidade --aquela que, grosso modo, prega que o fiel cristão pode obter ganhos financeiros e materiais única e exclusivamente através de sua fé, e que essa fé deve ser demonstrada com uma espécie de generosidade para com a igreja com que ele, fiel, frequenta.

Caro leitor, a boa notícia disto tudo é que parece que os evangélicos definitivamente acordaram discordando da venda de indulgências modernas protagonizada por Silas e Murdock.

Diante de tudo aquilo que vi no Haiti fico a pensar no que este dinheiro poderia fazer na economia haitiana. Quantas escolas poderiam ser recontruidas, quantas casas edificadas, quantas familias abençoadas, quantos orfanatos sustentados?

Ah! Mais isso não interessa não é verdade?

Dias dificieis os nossos!

SER COMO O MESTRE

Ser como o mestre e o servo como o seu senhor
Texto base: MATEUS 10.24-39

Basta ao discípulo ser como o seu mestre, e ao servo, como o seu senhor...
(Mt 10.25.)

Senhor, tu és o nosso alvo maior.
Que a cada dia, possa ser melhor
A nossa comunhão, em oração,
Buscando perfeição e a glorificação
Do teu santo nome.
Teu perdão, minhas falhas consome,
Quando as confesso e deixo.
E, quando das provas não me queixo,
Experimento perfeita paz,
Alegria que me satisfaz.

Quero mais e mais aprender de ti:
A ser manso e humilde, isto te pedi.
A ter nos olhos o amor
Que desfaz toda a dor
Do irmão, do próximo necessitado,
Que se encontra prostrado.
Quero cantar, contar para o mundo inteiro
Que o mais importante não é o dinheiro,
A fama, o nome, a posição,
Mas ter de Cristo o mesmo coração,
A mesma unção e poder para dar perdão.

Ser como o Mestre em pureza e bondade,
Sendo livre com ele nas asas da verdade!
Jesus é o modelo de vida para o cristão. Ele nos deu o seu Espírito Santo
para habitar em nós e conceder-nos o poder para ter esse caráter belíssimo
do Senhor: saber amar, perdoar, abençoar, se dar.

Eis o nosso grande alvo: ser como o nosso Mestre, na beleza de sua santidade,
refletir aqui no mundo a sua glória. E Deus trabalha para isso; pode ter certeza.

Pai, o que eu mais quero em meu viver é refletir a glória do caráter de Jesus, meu Mestre, aqui na terra. Ajuda-me. Sem teu Espírito Santo isso é impossível. Ensina-me a discernir a tua voz e a obedecer-te sempre. Amém.

Fonte: http://www.eucreio.com.br/

TV Paraíba tem estréia nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira, 5 de agosto, a TV Paraíba estará de cara nova. Claro, não é nenhuma nova contratação para o jornalismo. É o novo cenário, que será visto por milhares de telespectadores.

Uma fonte, ligada ao Sistema Paraíba de Comunicação, assegurou pelo msn, que a correria foi grande para deixar tudo pronto para esta quinta.

A TV Cabo Branco, de João Pessoa, geradora de sinal para Campina Grande, também vai estar de cenário novo.

A fonte só não adiantou quanto o Sistema Paraíba de Comunicação está investindo nas inovações.

Mais um ponto para José Carlos da Silva e sua equipe de profissionais. Que, aliás, está desfalcada de um titular desde 2002...