segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

Desculpe-me, mas eu sou um pastor “quadrado”

Pr. Gomes Silva

Após um final de semana na cidade de Alagoa Grande, voltei para Campina Grande, onde moro com a minha família. No ônibus, um senhor sentado na cadeira a minha frente começava o dia cantando “Como Zaqueu...” e um belo hino de Lázaro. Ao meu lado, uma mulher que parecia não ter dormido muito bem na noite anterior, pois a cara dava para espantar mosquitos. E eu, pensando na vida.

Na viagem, que durou mais de uma hora e meia, quando deveríamos chegar meia-hora antes, voltei ao passado. Ao tempo em que Deus me chamou para o ministério pastoral, passando pelas igrejas para as quais fui chamado (ou convocado) para assumir o seu pastoreio. À mente, vieram os bons e os maus momentos, algo normal na vida de um “pianista” cristão, ou “Bombril”, como fui assim denominado quando estive no Pedregal-CG, e em Parnaíba-PI.

E de tanto analisar os prós e os contra, principalmente o estado em que se encontram algumas igrejas e parte dos que se dizem seguidores de Jesus Cristo, conclui que sou um pastor “quadrado”. E por que sou um pastor “quadrado”, portanto, reprovado por muitos? Explico:

Não concordo com a prática do evangelho de brincadeira. Evangelho que agrada a todo mundo sem mudança radical de vida e de comportamento;

Não concordo com toda modernização, que estão implantando nas igrejas. Não se dá responsabilidade aos “crentes” nem reprova suas práticas iníquas, reprováveis pelo Evangelho;

Não concordo com o liberalismo que está invadindo as igrejas e ninguém pode dizer nada;

Não concordo com todo tipo de roupas dentro de algumas igrejas, tipo “tomara que cai”, e caindo ante os olhos de milhares de estarrecidos, mas que nada podem dizer: “é discriminação”;

Não concordo com o pastor recebendo um alto salário enquanto que o porteiro da igreja ou outro obreiro esforçado está com a água cortada e dormindo à luz de vela em cima de um colchão velho que as baratas já rejeitaram há tempo;

Não concordo com igrejas que presenteiam seus líderes liberais (por que se não for assim não ganha nem uma caixa de fósforos), com carros caríssimos, com todas as honras enquanto que o homem que abre e fecha a igreja, que mora num casebre alugado, que se arrisca para chegar em casa alta hora da noite. Ora de ônibus, ora numa bicicleta caindo os pedaços;

• Não concordo com a discriminação de irmãos. Quando o irmão tem condição financeira, tem visita direto, jantar, almoço com a alta cúpula da igreja; é valorizado. Humm! E o irmãozinho, que ganha pouco, ou que esteja desempregado, vivendo pela misericórdia de Deus? Ah, esse nem é visto na igreja. Ele entra, sai, passa até alguns dias sem ir à igreja e nunca ninguém sente a sua falta. Não tem nada a oferecer, mesmo! Não concordo, não concordo. Sou mesmo um quadrado!

Não concordo com natal. Igrejas evangélicas comemorando o nascimento de Cristo no dia 25 de dezembro, seguindo as orientações do mundo? Isso é uma piada de péssimo gosto. Tem as que ainda enfeitam seus templos, colocando manjedouras, estátuas de jumento, ovelhas, de Maria, de José, luzes... Ah, não! Isso é uma brincadeira, que Jesus não aprova, pessoal. Eu sou mesmo um pastor quadrado!

Não concordo com passarelas nem com desfile de modas dentro das igrejas. Que as senhoras e senhoritas se vistam decentemente como diz a Bíblia, mas não extrapolem no vestir onde têm tantas outras que gostariam de ter pelo menos o vestido que está no seu guarda-roupa há tanto tempo e sem utilidade pra você. Igreja é local de adoração ao Senhor em espírito e em verdade. Eu sou um pastor quadrado!

Não concordo com pregadores que dizem: na hora da pregação o Espírito Santo fala. E chega ao púlpito falando besteira, contando piadas e levando o público a rir, a se divertir com suas trapalhadas. Ei, moço, o Espírito Santo vai lembrar o que aos preguiçosos?! A Bíblia diz: Medita de dia e de noite para fazer tudo quanto está escrito. Ah, mas sou um pastor quadrado!

Não concordo com o tal "predestinação, de uma vez salvo, salvo para sempre", porque anula o sacrifício de Jesus Cristo na Cruz do Calvário;

Não concordo com pastores nem igreja (povo), que sabem que lá dentro tem fornicação, pessoas com atitudes suspeitas como prática de roubo, obreiros casados tendo casos fora do matrimônio e os mantém em suas funções como se nada disso fosse prejudicial ao Corpo de Cristo.

Não concordo com a igreja que abandona seu pastor. Que não procura nem saber se ele está comendo, pagando água e luz. Tem muitas igrejas querendo aparecer e ser grande, mas seus obreiros não têm sequer uma bicicleta para visitar as ovelhas. Sou um pastor quadrado!

É, há dez anos sou um “pastor quadrado”. Isto parece umexagero, na mentalidade relativista de muitos membros de igrejas evangélicas e até de alguns líderes. Mas é uma luta séria para levar as vidas a viverem verdadeiramente a Palavra de Deus e não se conformarem com este mundo. Mas não tem sido fácil! Poucas ovelhas querem viver seriamente na presença do Senhor; e muitos líderes, para não perderem ovelhas em a “boquinha” – porque não sabem fazer mais nada na vida -, aceitam tudo em nome do status quo e do Real.

Sou, sim, um “pastor quadrado”. E se tiver mais “quadrados” por aí querendo se juntar a nós, estamos aqui.

Tome sua cruz

Mt. 28: 18-20

Autor: Ricardo Araújo

E, chegando-se Jesus, falou-lhes, dizendo: É-me dado todo o poder no céu e na terra.

Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

Ensinando-os a guardar todas as coisas que eu vos tenho mandado; e eis que eu estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos. Amém.

Todos nós sabemos que o sacrifício de Cristo na cruz é o que move a nossa fé para cumprir o ide de Jesus. A Cruz é um símbolo de incomodo, peso, dificuldade, por isso ninguém deseja carregar uma. A menos que fosse de isopor. Não se espante, pois há mais crentes carregando uma cruz de isopor do que a cruz de Cristo.

A cruz remete à renúncia, e renúncia é difícil. Não é um tema popular, nem atrai multidões, como temas como prosperidade material, por exemplo.

Antes de querermos fazer discípulos e abrir células, devemos ser discípulos, apoiar seu líder, concordando ou não com suas posições, mas porque ele sabe espiritualmente o resultado que você alcançará ao ser fiel aos seus comandos.

Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me. (Mt 16.24)

O Senhor lança um desafio para a multidão que o seguia. Esse desafio incluía até mesmo os doze homens que continuariam a sua obra depois do seu retorno aos céus. Ainda não estavam bem claros na mente dos discípulos os objetivos de Jesus. Alguns relacionavam a sua obra com os homens do passado, como João Batista, Elias, Jeremias, ou outros grandes profetas (Mt.16:13-17)

Outros acreditavam realmente que Jesus era realmente o Messias, mas essa crença estava voltada mais para as questões sociais e políticas e não do ponto de vista dos objetivos de Deus. Pensavam na libertação do domínio do Império Romano e o estabelecimento de um reinado parecido com o reinado de Davi.

Qual é o seu objetivo em seguir aos seus líderes? Será que é para alcançar objetivos pessoais? Será que você só está aqui porque quer casar? Conseguir um emprego? Tudo isso para se sentir feliz? Qual o seu objetivo para esse ano, se arrastar pelos cantos ou conquistar uma multidão para Cristo?

Se alguém quer vir após mim, negue-se a si mesmo, tome sua cruz e siga-me. (Mt 16.24)

Este convite de Jesus foi uma advertência para a reavaliação do preço do discipulado. Com essa advertência, Jesus não estava interessado em procurar homens e mulheres que lhe emprestasssem uma ou duas noites por semana em um templo fechado, mas alguém que estivesse disposto a:

Se identificar com Ele em TUDO,
Dar continuidade ao trabalho que Ele começou.

Fazer o mesmo processo que o Mestre fez com seus doze discípulos.

Você tem o poder de decidir qual será o rumo de sua conquista deste ano. Não seja dependente das circunstâncias, faça a obra incansavelmente. Este é o ano de provar sua fidelidade à Deus, tome sua cruz.

Fonte: http://www.artigos.etc.br/

quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Olhe para nós...

Pr. Gomes Silva

A frase acima é parte do versículo 6, do capitulo 3, do livro dos Atos dos Apóstolos. Mas transmite uma grande lição de vida para todos nós, porque mostra o caráter e o testemunho de João e Pedro, visto em suas palavras quando eles subiam para a oração da hora nova.

Se você todo o texto: Atos 3:1-10 entenderá que Pedro e João eram homens de oração (v. 1), homens com autoridade (v. 6), homens ousados (v. 7), mas eram também homens de um grande testemunho (v. 4).

É sobre testemunho que quero falar (escrever). “Olha para nós”. Você já parou alguma vez na vida para analisar a profundidade dessa frase? Precisamos ver, primeiro, que Jesus nos comissionou para sermos suas testemunhas (João 15.27; Atos 1.8). Cada crente deve testemunhar de Cristo. Testemunhar é falar do que Cristo fez por nós e pregar Sua mensagem (Atos 10.39-42). Também é dar o exemplo de uma vida cristã. É mostrar ao mundo que fomos transformados por Cristo.

Todavia, têm aquelas pessoas que são “testemunhos de vida”. Ou seja, pessoas que tem uma vida que serve de espelho, de exemplo para outras pessoas. Quando João disse: “Olha para nós”, estava dizendo, basicamente, “nós somos diferentes”, como diferentes devem ser todos aqueles que dão um passo para o Senhor, cuja vida deve ser uma carta aberta e escrita pelo Espírito Santo (2 Coríntios 3:2-3). Paulo, ao escrever a Timóteo, disse: “Torna-se padrão dos fiéis, na palavra, no procedimento, no amor, na fé e na pureza” – 1 Timóteo 4:12.

Só que, infelizmente, tem gente que é um “tristemunho”, uma vergonha para o evangelho de Jesus Cristo. Não devemos dar escândalo ou ser motivo de tropeço para quem quer que seja (1 Coríntios 8.9; 10.32,33; Romanos 14.13; 2 Coríntios 6.3; Filipenses 1.10). O testemunho de uma vida transformada muitas vezes fala mais alto que a pregação do evangelho. “O que você faz soa tão alto que não ouço o que você diz”. Os descrentes não lêem a Bíblia. Eles preferem olhar primeiro o testemunho daqueles que se dizem crentes. Pedro orienta que as mulheres ganhem seus maridos pelo seu procedimento (1 Pedro 3.1-2).

O homem e a mulher de Deus devem andar de conformidade com o evangelho de Cristo, dignamente (Romanos 13.13; 2 Coríntios 8.21; Filipenses 1.27; Colossenses 1.10; 2.6; 1 Tessalonicenses 2.12; 4.1,11,12; 1 Pedro 2.12), diante de Deus e dos homens, a fim de que Deus seja glorificado em nós.

Eu te pergunto: você tem sido um testemunho de vida? Um referencial entre os seguidores de Jesus Cristo? Se pedisse a alguém para olhar para você, o que essas pessoas veriam? Um homem compromissado com a Palavra de Deus, obviamente a sua praticabilidade? Um medroso, um anônimo seguidor de Cristo? Um péssimo exemplo, daqueles que o povo do “mundo” pergunta: Esse tal é crente?

Se você anda contramão da vontade e determinação de Deus, comece a mudar seus conceitos e a reconhecer a necessidade de um nascimento verdadeiro, da água e do Espírito.

Mas, pelo menos reflita nas palavras de João: “Olha para nós”.

Deus te abençoe!

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Morre no Hospital João XXIII o irmão Nivaldo Damião

ENTERRO FOI HOJE À TARDE EM ALAGOA GRANDE

Infelizmente perdemos o irmão Nivaldo Damião dos Santos। Ele teve uma parada cardíaca ontem e não resistiu, apesar de ter sido muito bem atendido pelos médicos do Hospital João XXIII para onde foi levado.

O enterro foi agora à tarde em Alagoa Grande, para onde viajamos ao meio-dia para dá assistência aos familiares, principalmente a seu pai, irmãos João Damião, e Nivânia, sua irmã.

Muitos familiares de Campina Grande e João Pessoa foram prestar as últimas homenagens a Nivaldo.

Pastor Michael lança seu 1º CD, hoje no Caobe de Esperança

Será nesta segunda-feira, às 19h30min, o lançamento do CD do pastor-cantor, Michael Lopes, no Clube CAOBE de Esperança-PB. A festa está pronta, esperando tão-somente o momento para começar. Este é o primeiro trabalho musical do pastor Michael, da Igreja Evangélica do Comando de Oração, cujo carro-chefe é: Deus não Perde em Questão.

Diz o pastor Michael no convite: “Algumas pessoas podem caminhar sozinha, mas outras precisam ser acompanhadas, precisam sentir a presença de pessoas queridas”. Esta frase me chamou muito atenção pelo fato de ser pastor e ter vivenciado muitos momentos em que pessoas precisam de pessoas queridas para dá a volta por cima em muitos desafios.

Do lançamento do pastor Michael Lopes participação, de forma especial, o harpista Ari Noronha, de Natal-RN; e o conferencista Joederson Lima, de Salvador-BA.

Grato pelo convite!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

AINDA HÁ ESPERANÇA

Pr. Gomes Silva

Foto google ilustrativa
Vivemos num mundo em que a maioria das pessoas não quer saber de Deus. Elas entendem que não precisam de uma direção divina. No entanto, estão todas doentes: ódio, amarguradas, tristes, sem perspectiva de vida futura, enroladas nos negócios desta vida. E o que é pior: estão caminhando para o inferno.

Muitas vezes, uma pessoa com esses problemas esconde sua realidade por trás de um falso sorrido, num copo de bebida, transmitindo um estado de coisa que não é o normal em sua vida. Todavia, para você que se encontra nessa situação, nem tudo está perdido. Ainda existe uma esperança na sua vida.

A esperança existe, sim:

1. Para quem pensa em vencer o negativismo – Mt 11:28
2. Para quem crer no poder de Deus – Marcos 15:16
3. Para quem buscar a Deus - Jeremias 29:13-14a
4. Para quem sonha em Cristo – João 16:33
5. Para quem espera em Deus – Sl 40:1-3
6. Para que se arrepende dos pecados e aceita Cristo como seu Salvador – Atos 3:19

Arrependa-se de seus pecados e diga "Sim" a Jesus, aceitando-o como seu Salvador. E, em pouco tempo, você vai me passar um e-mail contando a sua experiência com Cristo.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

A culpa é do pastor

Renato Vargens

A vida nos reserva momentos extremamente desagradáveis, até porque, não são poucas as oportunidades em que enfrentamos problemas em nossa caminhada existencial. Em situações onde a crise se faz presente é natural com que sejamos tomados pelo sentimento de que alguém e não nós mesmos, é o responsável direto boa parte dos nossos conflitos.

O fato é que tais indivíduos inconscientemente procuram bodes expiatórios para transferir a estes a responsabilidade direta dos seus fracassos. Se o desemprego chegou a casa, se o casamento não vai bem, ou se o time do coração perde, alguém precisa ser responsabilizado por isso.

Talvez este seja um dos motivos porque os pastores levem a culpa de alguns dos aborrecimentos de seus membros. Até porque, não são poucos os cristãos que fazem do seu pastor um tipo de pára-raios onde descarregam suas decepções e frustrações.

Creio que somente o poder de Cristo e do evangelho pode ajudar tais pessoas a assumirem seus erros e responsabilidades, transformando-as em indivíduos mais bonitos, plenos e felizes. Para tanto, torna-se indispensável que haja no coração daquele que desenvolve este tipo de comportamento a necessidade de mudança imediata em seus hábitos e atitudes.

Quanto aos pastores, em vez de nutrir a alma de sentimentos perniciosos devido as pedradas lançadas pelos membros de sua comunidade, deve se reanimar no Senhor, depositando diante daquele que tudo pode suas dores e angústias crendo que o Senhor cuidará de cada um nós.

Pense nisso!

Fonte: Renato Vargens

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

RECADO DA POLÍCIA MILITAR

CUIDADO em BARES, RESTAURANTES, IGREJAS
e outros locais de encontros coletivos.

Bandidos estão dando de 10 x 0 em criatividade, em nós e na Polícia, portanto, vamos acabar com isso... Vejam: Você e seus amigos ou familiares estão num bar ou restaurante, batendo papo e se divertindo. De repente chega um indivíduo e pergunta de quem é o carro tal, com placa tal, estacionado na rua tal, solicitando que o proprietário dê um pulinho lá fora para manobrar o carro, que está dificultando a saída de outro carro.

Você, bastante solícito vai, e ao chegar até o seu carro, anunciam o assalto e levam seu carro e seus pertences, e ainda terá sorte se não levar um tiro...

Numa mesma noite, o resgate da Polícia Militar atendeu a três pessoas baleadas, todas envolvidas no mesmo tipo de história.

Repasse esta notícia para alertar seus amigos... O jeito, em caso semelhante é ir acompanhado! Chame alguns amigos para ir junto, e de longe verifique se é verdade.

Isto também pode acontecer, quando se está na igreja, supermercado... ou em outros locais de encontros coletivos.

'MENSAGEM TRANSMITIDA PELO ATENDIMENTO 190 '
___________________
NOTA DA REDAÇÃO

Quero agradecer ao Comando da Polícia Militar pelo reconhecimento do nosso humilde blog e na seriedade com que comunicação os fatos. Nosso e-mail está à disposição dos internautas: pr.gomessilva@gmail.com e os nossos telefones também: 83 - 8650 7572 e 9305 4864

Pr. Gomes Silva
Diretor-editor do blog

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

Conheça a lista dos desejos do jovem do século 21

Perguntados sobre “o que é mais importante nas suas vidas”, 89% dos jovens brasileiros responderam “ter sucesso profissional”, contra apenas 69% dos jovens dos demais países ouvidos pela pesquisa “Juventude 30 Quilates”.

Mais de 80% dos brasileiros também disseram que querem ser bons pais/mães, ter casa própria, ser um parceiro carinhoso, ter um emprego que o faça feliz, aprender mais e desenvolver as habilidades, fazer coisas felizes e prazerosas...

Se há algumas décadas a juventude era apenas um curto período de tempo entre a adolescência e a vida adulta, hoje ela é uma das fases mais importantes para a formação e desenvolvimento de uma pessoa. “Antes, não se tinha o direito de ser jovem. Agora, a juventude, não é vista só como uma etapa. É uma época para experimentação profissional, para experimentação da vida mesmo”, explica Jorge Abrahão, diretor de Estudos e Políticas Sociais do IPEA.

Leia o restante da matéria

Fonte: Ig - Último Segundo

COLUNA DO PASTOR GOMES SILVA

EXPERIÊNCIAS EM LIVRO
As experiências vividas pelo casal Joide e Edna Miranda (foto) vão ser transformadas em livros, intitulado: O Diário de Um Travesti, no qual eles relatam a realidade da vida de um travesti - o lado que a mídia não mostra, e que eles não sabem quando entram nessa vida.

Os dois serão palestrantes do V Encontro Para a Sexualidade Sadia, evento paralelo do 12º Encontro.

PELA PARAÍBA
Indiscutivelmente a realização de cafés da manhã em várias cidades do Estado elevou ainda mais a credibilidade da VINACC visando ao 12º Encontro Para a Consciência Cristã.
Contamos com a presença de todos os pastores que tomaram ciência do que será esse evento em 2010.

IGREJA EM CRISE
Durante sua devocional para os pastores de João Pessoa, em almoço realizado pela VINACC no Palace Gourmet, o pastor Paulo Solonca lembrou que a igreja brasileira passa por uma grande crise de identidade e que muitos púlpitos estão destituídos de poder.
Concordo plenamente!

LUTAR ATÉ O FIM
O deputado Nivaldo Manoel me afirmou que vai continuar lutando pela causa evangélica na Paraíba. Ameaçado de perder o mandato por infidelidade partidária, porque trocou de legenda, saindo do PPS para o PMDB, ele disse que vai lutar pelos seus direitos.
Eu também lutaria, sim!


SAUDADES, JÁ!
O pastor Roberto Silva, que fundou a 1ª Igreja Batista das Malvinas, agora está em João Pessoa. A direção da igreja foi transferida para o pastor Dorivan. Como já era de se esperar, para muita gente a saída do pastor Roberto foi um choque. Ele conseguiu fazer muitas amizades em CG.
Contudo, é bom frisar que ele saiu porque foi trabalhar em João Pessoa, já que concluiu o curso de Bacharel em Direito e vai lutar para ser juiz.
Deus TE abençoe, PASTOR ROBERTO!

________________________
Esta coluna foi publicada na edição de dezembro do Jornal Consciência Cristã em Foco, que é editado pelo autor desta.