segunda-feira, 17 de maio de 2010

O Gozo de Saber que Deus é Deus

John Piper

O esforço humano nunca pode impressionar um Deus onipotente, e a grandeza dos homens jamais pode impressionar um Deus de grandeza infinita. Isto é má notícia para aqueles que competem com Deus, mas boa notícia para aqueles que querem viver pela fé.

O Salmo 147 é uma emocionante declaração de esperança para um povo que desfruta do gozo e certeza de que Deus é Deus. O salmista afirma: “Conta o número das estrelas, chamando-as todas pelo seu nome” (v. 4). Ora, isto é mais do que podemos apreender! “Tal conhecimento é maravilhoso demais para mim: é sobremodo elevado, não o posso atingir” (Sl 139.6).

A Terra, onde vivemos, é um pequeno planeta que gira em torno de uma estrela chamada Sol, que tem o volume um milhão e trezentas vezes maior do que o da Terra. Existem estrelas milhões de vezes mais luminosas do que o Sol. Existem aproximadamente cem bilhões de estrelas em nossa galáxia, a Via Láctea, que tem cem mil anos-luz de extensão. (Um ano-luz equivale a 299.792.458 km/s.) O Sol viaja a 249 km/s, e, por isso, seriam necessários, duzentos milhões de anos para que o sol cumprisse apenas uma órbita em volta da Via Láctea. Existem milhões de outras galáxias além da nossa.

Agora, ouça novamente: o Salmo 147 afirma que Deus conta o número de todas as estrelas. Não somente isso, afirma também que Ele as chama pelo nome que lhes deu, tal como se faz a animais de estimação. Você os olha, observa suas características e chama-os por algum nome que se enquadre nas diferenças. Quando cantamos o hino “Let All Things Now Living”, de Katherine Davis, eu sorrio com grande satisfação quando chego às palavras:

Ele estabelece a sua lei:
As estrelas, em seus cursos,
O Sol, em sua órbita,
Resplandecem obedientemente.

Sim, eu penso, “obedientemente” é a palavra correta! O sol tem um nome na mente de Deus. Ele chama o sol por seu nome, diz a ele o que fazer e ele obedece. E assim o fazem trilhões de estrelas. (Assim como todos os elétrons, em todas as moléculas dos elementos das estrelas e dos planetas, incluindo os elementos que se encontram nas guelras de um tubarão que vive embaixo das rochas, na costa da ilha de Rhode.)

Ora, o que impressionaria um Deus como este? Salmo 147.10-11 nos mostra com clareza:

Não faz caso da força do cavalo, nem se compraz nos músculos do guerreiro. Agrada-se o Senhor dos que o temem e dos que esperam na sua misericórdia.

Imagine um levantador de peso, nas Olimpíadas, que se orgulha de haver levantado duzentos e vinte e cinco quilos. Ou imagine algum cientista se orgulhando de que descobriu como uma molécula é afetada por outra. Não precisamos ser gênios para saber que Deus não se deixa impressionar por essas coisas.

As boas-novas para aqueles que desfrutam do gozo de saber que Deus é Deus é que Ele tem prazer nessas pessoas. Deus se agrada daqueles que esperam no imensurável poder dEle. Não é uma coincidência literária o fato de que os versículos referentes a outro aspecto da grandeza de Deus (nos versículos 4 e 5), mostram-No cuidando do fraco (vv. 3 e 6):

3 sara os de coração quebrantado
e lhes pensa as feridas.
4 Conta o número das estrelas,
chamando-as todas pelo seu nome.
5 Grande é o Senhor nosso e mui poderoso;
o seu entendimento não se pode medir.
6 O Senhor ampara os humildes
e dá com os ímpios em terra.

Oh! que prenda a nossa atenção a verdade de que Deus é Deus e trabalha onipotentemente em favor daqueles que esperam nEle (Is 64.4), bem como na sua misericórdia (Sl 147.11) e O amam (Rm 8.28). Ele ama ser Deus para os fracos e desamparados, que O buscam para tudo o que necessitam.

Extraído do livro:

Uma Vida Voltada para Deus
Esacritor: John Pipe

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Discernindo a vontade de Deus

Na confusão religiosa de nossos dias, com doutrinas conflitantes por todo lado, para onde nos voltaremos para determinar o que o Senhor realmente quer? Muitos se fecham em si mesmos. Eles buscam a vontade de Deus consultando seus sentimentos, intuição ou experiências religiosas. Mas é impossível conhecer a vontade de Deus subjetivamente. O único modo de podermos saber os pensamentos de Deus é pela sua revelação (1 Coríntios 2:10-16). Outras pessoas se dirigem a chefes ou a organizações religiosas pensando que ali podem encontrar a vontade de Deus.

Mas todo o ensinamento de homens precisa ser testado pela palavra de Deus (1 João 4:1-6; Mateus 7:15-20), uma vez que há muitos lobos vestidos de cordeiros. Alguns, como Asa, nem se preocupam em tentar encontrar o que o Senhor quer. Precisamos ativamente buscar a guia do Senhor, através de sua palavra, em todas as situações. Quando agimos e pensamos independentemente, acabamos fracassando.

A história de Asa é trágica porque, depois de haver começado tão bem, ele terminou confiando em seus próprios planos e mal-tratando aqueles que tentaram ensinar-lhe o que o Senhor queria. Que possamos sempre confiar no Senhor em todas as situações.

Autor: Gary Fisher

Mulheres instalam Movimento Feminista em plena Câmara Municipal

Pr. Gomes Silva

Um grupo de mulheres instalou o Comitê Multipartidária de Mulheres em Campina Grande. Leia-se Movimento Feminista. Infelizmente, muitas delas nem sabem onde estão se metendo, e até desconhecem a origem desse momento e seus reais objetivos.

A meta principal do Movimento Feminista é alcançar sua independência em relação ao homem em todos os sentidos. Isto fere diretamente os princípios bíblicos, que dizem que a mulher é submissão ao marido. Em sua Carta aos Efésios, capítulo 6, versículos 22 e 23, o apóstolo Paulo fala a esse respeito: “Vós, mulheres, sujeitai-vos a vossos maridos, como ao SENHOR; Porque o marido é a cabeça da mulher, como também Cristo é a cabeça da igreja, sendo ele próprio o salvador do corpo”.

A Palavra de Deus fala em outras partes a respeito do mesmo assunto, a exemplo do que Paulo escreveu a Tito (Tito 2:3-5): As mulheres idosas, semelhantemente, sejam sérias no seu viver, como convém a santas, não caluniadoras, não dadas a muito vinho, mestras no bem; Para que ensinem as mulheres novas a serem prudentes, a amarem seus maridos, a amarem seus filhos; a serem moderadas, castas, boas donas de casa, sujeitas aos seus maridos, a fim de que a palavra de Deus não seja blasfemada”.

Por este texto fica claro (e confirmado) que Deus fez a mulher (Gênesis 2:21) para ser auxiliadora do marido, cuidar da casa, dos filhos, da família. Mas o Movimento Feminista não pensa assim. Suas adeptas querem impor (e estão conseguindo, sim!), seus ideais e até enclausurar o homem em quatro paredes.

A ex-feminista, hoje vivendo uma nova realidade, Mary Pride, escreveu um livro intitulado: “De Volta para ao Lar”, onde ela conta que, “em sua luta para se tornarem iguais ao homem, as mulheres de hoje estão sendo vítimas da segunda mentira da História. (A primeira foi quando a serpente persuadiu Eva de que ela precisava elevar seu estilo de vida e se tornar igual a Deus (Gênesis 3:1-3)”, escreveu.

Você, caro leitor, pode perguntar: O que é Movimento Feminista?

O artigo não está completo. Estou trabalhando para concluí-lo

quinta-feira, 13 de maio de 2010

Vendo o milagre do fruto fiel

Texto-chave: Marcos 5:21-43
Pr. Danilo Figueira

Cada “fruto fiel” pelo qual temos orado precisa ser visto por nós como alguém que está doente (espiritualmente), à beira da morte (eterna) e que necessita de um milagre de Deus para se salvar. Assim como Jairo fez, para vermos o milagre acontecer na vida desses “nossos filhos” precisamos ter uma correta. Vamos ver que postura é esta:

1. JAIRO TINHA CONSCIÊNCIA DA SITUAÇÃO DE SUA FILHA – Vs 23 – Jairo da gravidade da situação de sua filha. Isso o fez procurar quem podia ajudá-la. Devemos olhar para cada “fruto fiel” e ver o fim que o aguarda (separação eterna de Deus) se não for submetido ao milagre da salvação. Às vezes sequer abrimos nossa boca para falar de Jesus ou fazer um convite para uma reunião de célula - (texto de apoio: Jo 3:18).

2. JAIRO LEVOU JESUS ATÉ SUA FILHA – Vs 22,23 – A nossa “visão” e “procura” por Jesus deve nos levar à “ação”. Jairo não se importou com sua posição dentro da comunidade, e deu três passos práticos para chegar até Jesus e levá-lo até sua filha: Ele saiu da sua casa, prostrou-se e suplicou. Jairo não apenas falou do estado de sua filha ao Senhor, mas, também proporcionou o seu encontro com Jesus, o que possibilitou o milagre – (texto de apoio: At 26:1).

3. JAIRO ENFRENTOU AS RESISTÊNCIAS SEM DESANIMAR – Vs 24 a 27 – Jairo precisou enfrentar a “multidão” e a “mulher enferma”. Essas duas interrupções devem ter sido frustrantes para Jairo, mas ele não se queixou e continuou esperando pelo Senhor Jesus. Nenhuma das resistências que temos enfrentado pode ser tão grande que nos impeça de prosseguirmos no nosso objetivo até vermos o milagre acontecer – (texto de apoio: Rm 12:12).

4. JAIRO TEVE FÉ PARA CRER NA RESTAURAÇÃO DA VIDA DE SUA FILHA – Vs 36 - Mesmo diante da notícia de que sua filha já havia morrido, Jairo creu nas palavras encorajadoras de Jesus: “Não temas, crê somente”. Da mesma forma, não podemos admitir “casos perdidos”. Mesmo o mais duro se converterá, se perseverarmos crendo – (texto de apoio: 2ª Co 5:7).

5. JAIRO PRESENCIOU O MILAGRE E ALIMENTOU SUA FILHA – Vs. 41 a 43 – Depois que Jairo viu a restauração da vida de sua filha, logo passou a dar o que comer a ela. Nós veremos o milagre do “fruto fiel” e, quando isso ocorrer, esses “filhos espirituais” precisam ser consolidados em amor – (texto de apoio: Mc 6:41).

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Ex-padre que se diz perseguido, participa de culto em comunidade evangélica no sertão

O ex-padre Lourival Luiz esteve pela primeira vez nesse domingo (02), em um culto da igreja evangélica na cidade de Sousa. Com participação de inúmeros fiéis, o ex-padre proclamou a palavra e deu seu testemunho do que o motivou a mudar de religião.

Sem batina e com o novo nome, os participantes o apelidaram de irmão Lourival, que orou, adorou e cantou aos presentes na igreja.

Oração
Lourival pediu a todos os presentes que orassem por ele, pois o mesmo tem sido alvo de rejeição e perseguição da sociedade sousense, por ter tomado tamanha decisão, de abandonar a Igreja Católica.

Apoio
Segundo informações os componentes do templo religioso estão prestando toda a assistência necessária, fornecendo apoio espiritual, social e material ao ex-padre.

Entenda o caso
Na manhã do último sábado (1°), o ex-Padre Lourival entregou sua carta de renúncia pessoalmente, ao Bispo Diocesano Dom José González Alonso, na Diocese da Igreja Católica, em Cajazeiras. Em entrevista exclusiva ao Portal Diário do Sertão, Lourival afirmou que sua mudança de religião se dá por não aceitar algumas coisas que acontecem dentro da crença católica, mas que o ponto principal seria a questão da idolatria.

Diário do Sertão

segunda-feira, 3 de maio de 2010

Padre troca a mentira pela verdade bíblica

A cidade de Sousa viveu um reboliço com a notícia, que tomou conta das principais rádios da cidade, dando conta de que um padre havia se tornado evangélico. Trata-se do ex-padre Lourival Luiz de Sousa, ele que reside no Núcleo II, recebeu a ordenação ao sacerdócio católico (padre) em 18/06/2000 e exercia o sacerdócio há quase 10 anos, ao longo desse período ele foi o pároco das cidades de Aguiar/PB, Igaraci/PB, Diamante/PB, Boa Ventura/PB, Curral Velho/PB e Belém do Brejo do Cruz/PB, tendo visitas marcantes em igrejas de outras cidades, e, ainda era auxiliar nas igrejas de Sousa e Cajazeiras.

Ocorre que o mesmo, estudando a Palavra de Deus - a Bíblia Sagrada - percebeu, quando ainda exercia o sacerdócio na cidade de Diamente/PB em 2003 que estava ensinando uma doutrina que contraria a Bíblia Sagrada e, naquela cidade, começou a ensinar às pessoas que a Bíblia reprova a adoração às imagens de escultura (Sabedoria 15.15-18 - livro apócrifo; Êxodo 20.4,5; Isaías 45.20; Deuteronômio 4.15-19; ) e que o único Salvador é Jesus Cristo (João 4.23; Atos 4.12; I Timóteo 2.5) e nãos as tradições das igrejas. E prosseguiu ensinando que a Bíblia é o caminho para conduzir as pessoas a fazerem a vontade de Deus e se aproximarem de Deus (Tiago 4.8), devendo servi-lo de toda alma e de todo o coração (Marcos 12.30-33) e não apenas com obras de caridade, visto que a salvação é obtida pela graça de Deus, por meio da fé, sendo um dom de Deus e não vem das obras (caridades e coisas semelhantes) para que ninguém se glorie (Efésios 2.8,9).

Leia Matéria completa no IPARAÍBA