segunda-feira, 30 de agosto de 2010

A Voz do Brasil não pode parar

Pr. Gomes Silva

O Brasil é um país de apaixonados. Existe paixão por tudo. Cachorro, gato, carro, mulher, homem, criança, dinheiro, posição social, politicagem, passeio, conversa fiada, dormir, comer etc. Eu não estou fora dessa lista. Contudo, humanamente falando, eu sou um apaixonado por rádio. Dificilmente alguém me encontra sem esse ele. Só não o levo para a igreja porque não tenho como pregar e ouvir rádio ao mesmo tempo.

E que tipo de programação você gosta no rádio? Alguém poderia me perguntar. A resposta é direita: escuto programas de notícias, a exemplo da “Voz do Brasil”, que não deveria, jamais, ser esquecido pelos brasileiros dada a gama de informações que ela transmite diariamente para milhares de município cujos moradores da Zona Rural não possui outros meios de comunicação.

Sou ouvinte assíduo da Voz do Brasil desde o tempo em que estudava no antigo Mobral, numa escola noturna que funcionava na residência da professora Neuza, no sítio Boa Sorte, Município de Picuí. Em seguida vinha outro programa importante e que ensinou a muita gente: Pojeto Minerva, que ia das 20 às 20h30min.

Indo ou voltando à escola - ou até mesmo nos intervalos das aulas a base do velho “lampião de gás” -, o radinho de pilha estava ligado e nos dando informações precisas do que acontecia na Capital das Decisões Políticas.


O Programa A Voz do Brasil sempre foi um das maiores de informações em nossa nação.

Infelizmente deram cabo ao Projeto Minerva. E, igualmente, querem fazer o mesmo com a “Voz do Brasil”. É de se pensar que muitos deputados e senadores perderam o senso do que realmente é importante para informar à nação. Talvez eles não conheçam a péssima programação da TV, que investe mais em deserviços à nação do que em educação e informação do real que se vive hoje no País, salvando-se apenas pequenas matérias para não passar em branco. Hoje, a TV dá mais valor e espaço ao que fere a dignidade do homem do que publicizar os valores morais.

Senhores parlamentares, não acabem com a Voz do Brasil...

Voltarei ao assunto, inclusive relatando detalhes da Voz do Brasil

INCA apresenta pesquisa sobre o perfil dos fumantes brasileiros

Para marcar o Dia Nacional de Combate ao Fumo, comemorado ontem, o Instituto Nacional do Câncer, o INCA, divulgou nesta segunda-feira (30/08) o relatório final da pesquisa especial de tabagismo, realizada em 2009. O estudo apresenta o perfil dos fumantes brasileiros e mostra, inclusive, o impacto financeiro na vida das famílias com pessoas que fumam. Hoje o Brasil tem 25 milhões de fumantes, o equivalente a mais de 17% da população acima de 15 anos.

A pesquisa é a mais completa já realizada no Brasil. Os dados foram coletados em mais de 51 mil domicílios. O estudo revelou que as mulheres estão começando a fumar muito cedo, antes dos 15 anos.

A boa notícia é que, na hora de largar o vício, o número de mulheres que consegue parar de fumar é o dobro do de homens. E o INCA disse que, nos últimos 12 meses, 45,6% dos fumantes tentaram parar. Entre os jovens, os homens representam a maioria dos fumantes. Esse público também foi o que se mostrou mais vulnerável às propagandas de cigarro. E jovens entre 15 e 24 anos não costumam procurar ajuda para deixar de fumar.Os gastos com cigarros também foram analisados. De acordo com o estudo, casais fumantes gastam em média quase R$ 1.500,00 por ano com cigarro.

Na Câmara, 164 projetos sobre o tabagismo estão sendo analisados. As propostas vão desde o ressarcimento obrigatório ao SUS pelo gasto com pacientes com doenças causadas pelo cigarro até a proibição da venda de cigarro em locais próximos a escolas. Mas embora a maioria das propostas seja antitabagismo, também há espaço para representantes da indústria do fumo que defendem a importância dessa atividade econômica para o país.

Outra pesquisa divulgada neste fim de semana revela que, apesar da intensa divulgação dos problemas causados pelo cigarro, a falta de informação sobre doenças respiratórias é muito grande entre os brasileiros. Por exemplo, 90% dos entrevistados não associaram o câncer de pulmão ao hábito de fumar. E 47% não souberam citar um único sintoma da doença. E tem até quem não acredite nos prejuízos do tabagismo passivo, ou seja, que a fumaça do cigarro traz malefícios também aos não fumantes. Eles respondem por 1% dos entrevistados. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Datafolha, em 143 municípios, por encomenda da Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia.

Hanna Costa
Repórter

quinta-feira, 26 de agosto de 2010

Aprisco eleitoral

Pr. Euder Faber

Estamos mais uma vez nos aproximando de um período eleitoral, e lamentavelmente a postura de alguns líderes, mais uma vez, esta deixando a desejar. Há dois extremos dentro do meio evangélico, que devem ser evitados. O primeiro é o de total aversão a questões políticas, levando as pessoas a uma atitude apática beirando a alienação; o segundo é o de um envolvimento promíscuo, onde as questões pragmáticas de interesse pessoal ou denominacional se sobrepõem as de interesse coletivo e do evangelho.
Nesse período alguns líderes inescrupulosos tratam suas igrejas como um verdadeiro “curral eleitoral”, digo melhor, “aprisco eleitoral, já que no nosso meio as pessoas são chamadas carinhosamente de ovelhas, em referência ao nosso Supremo Pastor Jesus Cristo.

Pastores não têm o direito de negociarem apoio da sua Igreja a quem quer que seja não pode tratar suas denominações como um “curral eleitoral”, vendendo as consciências de seus membros, como se tivessem poder para isso. O Povo de Deus é livre e pertence unicamente ao Senhor Jesus Cristo, e não a esses ditos líderes que estão olhando apenas para seus interesses denominacionais, políticos e pessoas. E muito menos ainda a partidos que historicamente tem se oposto as principais bandeiras do cristianismo, no que diz respeito à família e a vida!

Sei que há muitos líderes cristãos que estão preocupados com o futuro do nosso país, que têm orientado seus membros a fazerem uma escolha consciente e não uma negociata na hora do voto.

Como Povo de Deus e detentores da mente de Cristo, temos que fazer a diferença na próxima eleição, votando em pessoas que defendam a vida, a família nos termos tradicionais e tenham compromisso com os princípios e valores cristãos.

terça-feira, 24 de agosto de 2010

A chatice da política

Pr. Gomes Silva

A eleição deveria ser assim: Dia da eleição só votar quem realmente sentisse no coração o desejo de sair de casa para sufragar o nome de alguém. Comício, carreata, carro de som, nada disso era para existir.

Deveria ficar apenas a chatice do horário gratuito no rádio e na TV. Afinal, os menos esclarecidos precisam de orientação para enxergar o menos ruim nessa luta pelo poder.

Quer saber de outra coisnha chata na política? São aqueles candidatos que não têm a mínima condição de ganhar, vão para a tv prometer o que ao podem fazer e jogar conversa fora; outros vão à telinha com cara de moralista, acusam outros postulantes na esperança de atrair rejeição do povo ao adversário. Isso é uma vergonha para esses metidos a políticos, que, na realidade, estão querendo aparecer ou pensando em pegar uma “boquinha” mais tarde junto aos eleitos na majoritária.

Alguns desses “postulantes” deveriam saber há muito tempo que lugar de palhaço é no circo. E não numa coisa tão séria como é a política. Aliás, deveria ser. Esse meio virou uma bagunça e um picadeiro de acusações. E o besta do eleitor ainda fica brigando por quem nunca teve um mínimo de respeito por ele. Às vezes ataparece um ou outro com boas, eu escrevi “boas” intenções, mas, como é “moda”, quem tenta andar direito dificilmente será visto pelo eleitorado.
Que pena!

Voltarei ao assunto.

segunda-feira, 23 de agosto de 2010

A orquestra do amanhecer dá o seu exemplo

Pr. Gomes Silva

O normal do homem, dentro da atual cultura capitalista, é despertar no amanhecer o dia pensando e agindo para alcançar seus objetivos egoístas em sua maioria. Ele antecipa, de forma mental, o que acontecerá até voltar a declinar cabeça: Corre-corre, trabalho árduo, dificuldades outras etc.

Com os pássaros não é assim. Eles acordam cedo para formarem a orquestra natural, tocando e cantando as mais lindas melodias para reverenciar a chegada de mais um amanhecer.

Como é bonito ouvir essa orquestra, composta por esses artistas mirins com alegria, disposição, unidade e elegância, abrilhantam o nosso levantar.

Aliado aos pássaros, não por inveja, mas por pura providência divina, o galo dá um toque especial a essa sinfonia, despertando-nos para um novo dia com seu cantar. Isso até incomoda a alguns, já que a idéia é permanecer na cama por mais tempo. Mas extremamente importante para o homem do campo que levanta-se mais cedo.

Interessante é que esses “profissionais” não estão preocupados com o salário que vão receber nem com a roupa que vestirão, claro, muito menos com a comida. A preocupação inicial é cumprir sua missão: reverenciar a natureza, uma criação divina.

Se comparados ao homem, diríamos que os pássaros e o galo (embora existam outros bichos que reverenciam a natureza) vivem o que Deus determinou ao ser humano: “Buscai primeiro o Reino de Deus, e a sua justiça, e todas as coisas vos serão acrescentadas”. E o Senhor tem honrado essa galera que nunca foi a uma escola aprender a cantar.

O exemplo acima serve pra você, querido internauta. Ponha em primeiro lugar na sua vida o Reino de Deus e aquilo que Deus quer, e ele lhes dará todas essas coisas (Mateus 6:25-33).

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

DEU NO BLOG DO TIÃO LUCENA

MALAFAIA, CARA DE PAU, PEDE DINHEIRO NA TV PROMETENDO CASA PRÓPRIA A QUEM PAGAR

O amigo aí está precisando quitar a casa ou comprar uma novinha, livrando-se definitivamente do aluguel, então pague ao pastor Silas Malafaia que Deus proverá. O picaretão foi à TV pedir ao povo brasileiro que mande dinheiro pra ele que, em contrapartida, ganhará a casa dos seus sonhos. Veja você mesmo o vídeo.




DA REDAÇÃO

Recebi esse vídeo e, de cara, não acreditei. O pastor Sillas Malafaia é um homem conhecedor da Palavra de Deus. Contudo, parece que esse conhecimento de nada está valendo. Juntar-se a personagens americanos, de caráter duvidoso, metidos a espirituais e incentivando o povo a comprar a bênção, foi um péssimo "negócio" para Malafaia.

Esta última é uma aberração. Meu Deus, será que não tem nenhuma outra liderança nacional que seja capaz de conversar com Sillas e mostrar a ele a necessidade de voltar à Palavra de Deus?

Alguém ajude Sillas Malafaia a se libertar da visão do Tio Patinha: Dinheiro, dinheiro, dinheiro.

Dinheiro é muito bom, mas não é assim que se faz, usando o Evangelho para enganar a muitos.

Lembra-me o querido pastor Roberto Mota os textos de I TM-6:3-9, e II TM-4:2-5. Diz ele que, "O resultado deste contexto, é despreso pela sã Doutrina, Busca do discurso que fundamenta a Riqueza e a volta às fábulas, revelações que respalde às paranóias. Que Deus, possa nos guiar neste contexto".

Concordo plenamente com o pastor Roberto Mota. Muitos caem na tentação do dinheiro... e temos que ter muito cuidado para não sermos também tragado pelo capeta.


Querido internauta, não caia nessa ilusão.

Pr. Gomes Silva
(83) 8650 7572 / 9149 3885

quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Os Pastores e Seus Deveres

Luiz Fernando RJ.

“ Olhai, pois, por vós e por todo o rebanho sobre que o Espírito Santo vos constituiu bispos, para apascentardes a igreja de Deus, que ele resgatou com seu próprio sangue.”(At 20.28).

Nenhuma igreja poderá funcionar sem dirigentes para dela cuidar. Logo, conforme 14.23, a congregação local, cheia do Espírito, buscando a direção de Deus em oração e jejum, elegiam certos irmãos para o cargo de presbítero ou bispo de acordo com as qualificações espirituais estabelecidas pelo Espírito Santo em 1Tm 3.1-7; Tt 1.5-9. Na realidade é o Espírito que constitui o dirigente de igreja. O discurso de Paulo diante dos presbíteros de Éfeso (20.17-35) é um trecho básico quanto a princípios bíblicos sobre o exercício do ministério de pastor de uma igreja local.

Propagando a Fé
(1) Um dos deveres principais do dirigente é alimentar as ovelhas mediante o ensino da Palavra de Deus. Ele deve ter sempre em mente que o rebanho que lhe foi entregue é a congregação de Deus, que Ele comprou para si com o sangue precioso do seu Filho amado (cf. 20.28; 1Co 6.20; 1Pe 1.18,19; Ap 5.9). (2) Em 20.19-27, Paulo descreve de que maneira serviu como pastor da igreja de Éfeso; tornou patente toda a vontade de Deus, advertindo e ensinando fielmente os cristãos efésios (20.27). Daí, ele poder exclamar: “estou limpo do sangue de todos”(20.26; ver nota). Os pastores de nossos dias também devem instruir suas igrejas em todo o desígnio de Deus. Que “pregues a palavra, instes a tempo e fora de tempo, redarguas, repreendas, exortes, com toda a longanimidade e doutrina”(2Tm 4.2) e nunca ministrar para agradar os ouvintes, dizendo apenas aquilo que estes desejam ouvir (2Tm 4.3).

Guardando a Fé
Além de alimentar o rebanho de Deus, o verdadeiro pastor deve diligentemente resguardá-lo de seus inimigos. Paulo sabe que no futuro Satanás levantará falsos mestres dentro da própria igreja, e, também, falsários vindos de fora, infiltrar-se-ão e atingirão o rebanho com doutrinas antibíblicas, conceitos mundanos e idéias pagãs e humanistas. Os ensinos e a influência destes dois tipos de elementos arruinarão a fé bíblica do povo de Deus. Paulo os chama de “lobos cruéis”, indicando que são fortes, difíceis de subjugar, insaciáveis e perigosos (ver 20.29 nota; cf. Mt 10.16). Tais indivíduos desviarão as pessoas dos ensinos de Cristo e os atrairão a si mesmos e ao seu evangelho distorcido. O apelo veemente de Paulo (20.28-31) impõe uma solene obrigação sobre todos os obreiros da igreja, no sentido de defendê-la e opôr-se aos que distorcem a revelação original e fundamental da fé, segundo o NT.

(1) A igreja verdadeira consiste somente daqueles que, pela graça de Deus e pela comunhão do Espírito Santo, são fiéis ao Senhor Jesus Cristo e à Palavra de Deus. Por isso, é de grande importância na preservação da pureza da igreja de Deus que os seus pastores mantenham a disciplina corretiva com amor (Ef 4.15), e reprovem com firmeza (2Tm 4.1-4; Tt 1.9-11) quem na igreja fale coisas perversas contrárias à Palavra de Deus e ao testemunho apostólico (20.30).

(2) Líderes eclesiásticos, pastores de igrejas locais e dirigentes administrativos da obra devem lembrar-se de que o Senhor Jesus os têm como responsáveis pelo sangue de todos os que estão sob seus cuidados (20.26,27; cf. Ez 3.20,21). Se o dirigente deixar de ensinar e pôr em prática todo o conselho de Deus para a igreja (20.27), principalmente quanto à vigilância sobre o rebanho (20.28), não estará “limpo do sangue de todos”(20.26; Ez 34.1-10). Deus o terá por culpado do sangue dos que se perderem, por ter ele deixado de proteger o rebanho contra os falsificadores da Palavra (2Tm 1.14; Ap 2.2).

(3) É altamente importante que os responsáveis pela direção da igreja mantenham a ordem quanto a assuntos teológicos doutrinários e morais na mesma. A pureza da doutrina bíblica e de vida cristã deve ser zelosamente mantida nas faculdades evangélicas, institutos bíblicos, seminários, editoras e demais segmentos administrativos da igreja (2Tm 1.13,14).

(4) A questão principal aqui é nossa atitude para com as Escrituras divinamente inspiradas, que Paulo chama a “palavra da sua graça”(20.32). Falsos mestres, pastores e líderes tentarão enfraquecer a autoridade da Bíblia através de seus ensinos corrompidos e princípios antibíblicos. Ao rejeitarem a autoridade absoluta da Palavra de Deus, negam que a Bíblia é verdadeira e fidedigna em tudo que ela ensina (20.28-31; Gl 1.6; 1Tm 4.1; 2Tm 3.8). A bem da igreja de Deus, tais pessoas devem ser excluídas da comunhão (2Jo 9-11; ver Gl 1.9).

(5) A igreja que perde o zelo ardente do Espírito Santo pela sua pureza (20.18-35), que se recusa a tomar posição firme em prol da verdade e que se omite em disciplinar os que minam a autoridade da Palavra de Deus, logo deixará de existir como igreja neotestamentária (12.5).

Motivos porque não voto em Dilma Rousseff

Pr. Renato Vargens


Como todo cidadão brasileiro tenho me inquietado com os rumos da nação. Em outubro, o Brasil elegerá o próximo presidente da república que nos governará pelos próximos quatro anos. Dentre os canditados a presidência confesso que um deles me preocupa, a Sra. Dilma Rouseff. Na verdade, Dilma não possui preparo e qualificação suficiente para excercer o cargo mais importante do Brasil, isto sem falar que ela possui um temperamento autoritário, que segundo o presidente Lula, a levava a maltratar os ministros brasileiros. Junta-se a isso o fato de que Dilma nunca foi eleita para nenhum mandato público, nem tampouco, ocupou um cargo de peso, como o de governadora ou prefeita, portanto, não tem experiência politico-administrativa relevante.

O passado de terrorista não a recomenda, ela tem o hábito de mentir e não tem muito apreço pelo estado de direito e pelas leis, basta ver a campanha antecipada ilegal que protagonizou. Para piorar a situação, Dilma recebeu apoio do presidente Hugo Chávez. Há pouco o ditador venezuelano afrmou que quer a vitória de Dilma Rousseff nas eleições presidenciais do Brasil, porque ela é sua "amiga" e os dois tem "muita empatia". A mesma empatia e amizade que ele tem com Ahmadinejad e os irmãos Castro.

Caro leitor, Dilma me dá medo. Confesso que só de pensar na possibilidade desta senhora vir a ser eleita presidente do Brasil, meu coração se angustia.

Que Deus ilumine o povo brasileiro e nos conceda sabedoria na escolha do dirigente desta nação.

Pense nisso,

Renato Vargens

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Sintab e seus mal-educados

Pr. Gomes Silva
Jornalista

Todo sindicato tem o direito de buscar o melhor para seus filiados. Contudo, o respeito deve prevalecer. Não é o que tem acontecido com o SINTAB, que tem faltoso em vários aspectos. A inauguração de uma creche escola modelo no bairro do Cinza, em Campina Grande, serviu para o povo entender a “filosofia” dos grevistas. E o que é pior: vários deles eram e são ligados à área da Educação.

Escalado para noticiar o evento, lá chegando fui despertado por gritos e zoada com de apitos. De um lado, o prefeito Veneziano Vital do Rego e sua equipe tentando inaugurar a creche; do outro, os mal-educados grevistas gritando e apitando, numa nítida tentava de atrapalhar a festa da democracia. Decepcionados, alguns familiares da homenageada nem conseguiram se expressar com precisão. O próprio prefeito sofreu na pele para fazer seu pronunciamento debaixo da “apitaria”.

Não tenho emprego no Estado nem sou funcionário público municipal. Por isso, posso expressar o meu sentimento de repúdio aos que fazem o Sintab.

A Constituição Federal de 1988 garante liberdade de expressão. Todavia, o que tem sido feito pelo movimento grevista, comandado hoje por este outrora competente sindicato, atrai para si a rejeição de grande parcela da população do Comportamento da Borborema, que não concorda com atos como o que fora registrado no bairro Cinza.

Resultado: Até agora o Sindicato não conseguiu nada. E para resolver, teve que recorrer à Câmara Municipal, na tentativa de sensibilizar o executivo campinense. E mais: Ameaçando, deixando claro, através do seu presidente, Napoleão Maracajá, que, da Tribuna da Casa de Félix Araújo, lembrou casos como o do ex-governador Tarcísio de Miranda Burity, que deixou o Estado sem pagar alguns meses ao funcionalismo e que, a partir de então, não conseguiu lograr êxito em mais nenhum pleito.

Eu pergunto: Será que o Sintab é tão forte assim, capaz de evitar que um determinado candidato não seja eleito? É bom que seus dirigentes desçam do pedestal, joguem a arrogância no lixo e busquem uma saída com inteligência. O funcionalismo merece respeito. Nunca, porém, com imposição (respeito não se impõe; conquista-se). É só lembrarem que até agora não conseguiram nada nessa greve. A prova está na busca de apoio da parte do Legislativo Municipal. Creio que, se a imposição não estivesse à mesa, há tempo esse impasse já teria sido resolvido.

Torço, sim, pelo fim da greve. E que os funcionários voltem ao trabalho; alguns deles repensem o papelão feito no Cinza e nunca mais faltem com respeito às autoridades e às pessoas que saem de sua casa, muitas vezes, para prestigiar uma solenidade como a inauguração de um grande benefício para o seu bairro e são impedidos de manifestar a sua gratidão aos responsáveis por tal feito.

sábado, 7 de agosto de 2010

QUEM É DEUS?

Por Luiz Roberto Bendia

A Bíblia nos apresenta Deus no primeiro versículo de Gênesis:

"No princípio criou Deus os Céus e a Terra. A Terra, porém, era sem forma e vazia; havia trevas sobre a face do abismo, e o Espírito de Deus pairava sobre as águas".
A palavra Deus é plural: indica plenitude de poder e majestade.

Deus significa unidade indivisível, não composto e incomplexo. Portanto, Deus é simples na sua essência. Já a Trindade (o Pai, o Filho e o Espírito Santo) tem haver com a subsistência de Deus. Mas Deus enviou um ser semelhante ao homem para ficilitar a comunicação com o Todo Poderoso: Jesus Cristo. Em João 14.6 está expresso: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim".

A importância de Deus e a Sua misericórdia está no credo em que o homem deve adorá-lo em Espírito e Verdade (João 4.24).

A justificativa de Sua existência está firmada no cosmo -do grego kósmo e em latim cosmu, que significa o conjunto de tudo quanto existe no universo, incluindo-se a Terra, os astros, as galáxias e toda a matéria disseminada no espaço. Pode também significar ordem, disciplina, organização. No Salmos 19.1 encontramos: "O universo é um efeito que exige uma causa adequada, e a única causa suficiente é Deus". Romanos 1.20 confirma: "Porque os atributos invisíveis de Deus, assim o seu eterno poder como também a sua própria divindade, claramente se reconhecem, desde o princípio do mundo, sendo percebidos por meio das coisas que foram criadas".

Deus é imaginado pelo homem como um "Ser Perfeito". Nessa imaginação está a idéia clara do conceito de existência. Portanto, se Deus é um Ser Perfeito, logo Ele existe. O homem, que também imagina que Deus criou-o a sua imagem e semelhança, acredita que Deus tenha ética, moral e seja inteligente.

Como Deus também é conhecido
· Adonai, o Senhor, o Mestre indicando relacionamento senhor-servo.
· El Elyon, o Altíssimo.
· El Olam, o Eterno.
· El Roi, o Forte que vê.
· El Shaddai, Deus todo-poderoso.
· Elohim, o Forte.
· Javé (Yahweh), o Auto-Existente. Êxodo 3.14: "Eu sou o Que sou".
· Javé El Gmolah, o Senhor Deus da recompensa.
· Javé Jireh, o Senhor proverá.
· Javé Maccadeshkem, o Senhor que te santifica.
· Javé Nakeh, o Senhor que fere.
· Javé Nissi, o Senhor é minha bandeira.
· Javé Raah, o Senhor é o meu Pastor.
· Javé Sabbaoth, o Senhor dos Exércitos.
· Javé Shalon, o Senhor é a paz.
· Javé Shammah, o Senhor que está presente.
· Javé Tsidkena, o Senhor Justiça nossa.

Deus e os seus atributos
Atributo é aquilo que é próprio de um ser e que determina o seu caráter, distinguindo-o e identificando-o. Deus possue atributos que não se igualam ao homem.

Atributos principais de Deus em que o homem não se aproxima:
· Infinitude - não tem término ou fim.
· Eternidade - não está sujeito ao tempo.
· Imutabilidade - é imutável em natureza e prática.
· Onipresença - está em todo lugar.
· Soberania - governante supremo do universo.
· Onisciência - conhece todas as coisas, reais e possíveis.
· Onipotência - possui todo o poder.
Atributos de Deus em que o homem se aproxima
· Justiça - Eqüidade moral, imparcialidade no trato com Suas criaturas.
· Amor - Rico em misericórdia
· Verdade - Representada por Jesus Cristo em João 14.6: "Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida".
· Liberdade - Independência divina de Suas criaturas. Alerta em 1 Coríntios 6.12: "Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas convêm".
· Santidade - Retidão moral. Confirmação em 1 João 1.5: " Ora, a mensagem que da parte Dele temos ouvido e vos anunciamos é esta: Que Deus é luz, e não há Nele treva nenhuma".

A Palavra do Senhor

Da Imprensa Bíblica Brasileira

A Palavra do Senhor é perfeita, e existe eternamente. Toda a Escritura é divinamente inspirada. Deus nos falou, Deus se revelou nas páginas deste livro, a Bíblia.

Na linguagem de seus escritores, a Palavra do Senhor é pão, é mel, é fogo, é martelo, é viva e eficaz, mais cortante do que espada de dois gumes.

O mundo pode conhecer o poder de Deus observando a natureza, mas só chegamos a conhecer a plenitude divina quando descobrimos o amor e a misericórdia de Deus, conhecendo a Jesus. E chegamos a conhecer a Jesus através da leitura deste maravilhoso livro. Encontramos o registro da atuação de Deus na criação deste mundo, na chamada de um povo para ser o seu povo.

A esse povo ele revelou a sua justiça, as leis da moralidade divina. Conduziu-o através de séculos da história, demonstrando a fidelidade divina, cumprindo suas promessas e advertências, e finalmente vindo, ele mesmo, à terra, para viver entre os homens como Homem-Deus, visando executar sua obra de redenção. A morte de Jesus, sua ressurreição, suas aparições a seus discípulos, sua volta ao céu, junto com a promessa de retornar para finalmente reinar eternamente com os seus, completam esta revelação progressiva de Deus, que temos em sua Palavra.

A Bíblia é lâmpada para os nossos pés, luz para o nosso caminho. É livro para ser lido, meditado, decorado em partes, observado, obedecido, vivido. Encontramos nele não apenas as leis de Deus, mas descobrimos vida nova, vida de dimensão diferente, de qualidade diferente. Encontramos o Salvador, que vem habitar em nós, que se torna amigo, conhecido pela atuação de seu divino Espírito. Ele nos dá salvação, perdão dos pecados, paz à alma, segurança, e poder para viver a vida nova.

A Bíblia é para todos. Se Deus no-la deu, é porque qualquer pessoa que a ler com o coração aberto à orientação do Espírito Santo poderá compreender perfeitamente a sua mensagem.

Queres conhecer bem quem foi Jesus, o representante de Deus na Terra?

Veja no Capítulo 1 de Mateus, o livro da genealogia de Jesus Cristo, filho de Davi, filho de Abraão.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

A onda agora é ser Patriarca

Pr. Gomes Silva
Jornalista


Tomei conhecimento esta semana que a onda agora é ser PATRIARCA? Será que isto é verdade? Será que não é alguém querendo mexer com os brios decolegas?

Sei que, biblicamente, existiu a “figura” do patriarca. Contudo, três ficaram marcados na história do Velho Testamento: Abraão, Isac e Jacó. Surgiram outros mais recentes, como os patriarcas de Católico Copta de Alexandria; Patriarca Católico Sírio de Antioquia; Patriarca Greco-Melquita de Antioquia, Jerusalém, Alexandria, e de todo o Oriente; Patriarca Caldeu da Babilônia; Patriarca Latino de Constantinopla; e Patriarca Latino de Antioquia.

Agora, surge essa onda, com algumas pessoas que eram pastores; em seguida viraram bispos, apóstolos e agora querem ser patriarcas. Fico pensando qual será a nova moda que esse pessoal vai criar.

Se já chegaram a ser patriarca, ungidos por-não-sei-quem, eles estão pertinho de alcançar o posto de Deus. Eles vão passar a ser semi Deus e, porteriormente, serão consagrados a Deus (não, não é essa oração que fazemos pelos irmãos que estou falando). O que eu quero dizer é que, como não tem outro cargo acima de Deus, eles vão investir para ser mais que o Senhor. Se é que vai dá tempo eles chegarem ao posto divino.

Deus está de olho em nós 24 horas. E nessa galera folgada também!

Silas Malafaia e o fracasso da venda de indulgências modernas

Renato Vargens
Rio de Janeiro

Ricardo Feltrin, Colunista do UOL publicou uma matéria afirmando que o pastor Silas Malafaia fracassou no objetivo de levantar R$ 1 Bilhão.

Segundo Malafaia, o dinheiro arrecadado seria empregado em evangelização em todo o mundo e manutenção de programas de TV em pelo menos 140 países. Malafaia batizou o plano de "Clube de 1 milhão de Almas". Cada fiel que aceitasse colaborar teria de doar R$ 1 mil.

Por causa do plano, o pastor recebeu severas críticas de setores não só da Assembleia de Deus, mas também de outras linhas evangélicas.

Quatro meses depois de lançado o plano, ele resulta em fracasso numérico e financeiro. Até esta terça-feira, 3 de agosto, nem mesmo 5.000 pessoas aderiram ao programa, embora o pastor esteja fazendo propaganda ostensiva em horários que adquire na TV e no rádio.

Segundo Feltrin se prosseguir na atual toada, o pastor levará 330 anos para completar o milhão de almas. O acordo que ele disse ter fechado para exibir programas em outros países seria válido apenas para este ano.

O "sócio" de Malafaia na empreitada é Mike Murdock, que é pregador conhecido como ferrenho defensor da teologia da prosperidade --aquela que, grosso modo, prega que o fiel cristão pode obter ganhos financeiros e materiais única e exclusivamente através de sua fé, e que essa fé deve ser demonstrada com uma espécie de generosidade para com a igreja com que ele, fiel, frequenta.

Caro leitor, a boa notícia disto tudo é que parece que os evangélicos definitivamente acordaram discordando da venda de indulgências modernas protagonizada por Silas e Murdock.

Diante de tudo aquilo que vi no Haiti fico a pensar no que este dinheiro poderia fazer na economia haitiana. Quantas escolas poderiam ser recontruidas, quantas casas edificadas, quantas familias abençoadas, quantos orfanatos sustentados?

Ah! Mais isso não interessa não é verdade?

Dias dificieis os nossos!

SER COMO O MESTRE

Ser como o mestre e o servo como o seu senhor
Texto base: MATEUS 10.24-39

Basta ao discípulo ser como o seu mestre, e ao servo, como o seu senhor...
(Mt 10.25.)

Senhor, tu és o nosso alvo maior.
Que a cada dia, possa ser melhor
A nossa comunhão, em oração,
Buscando perfeição e a glorificação
Do teu santo nome.
Teu perdão, minhas falhas consome,
Quando as confesso e deixo.
E, quando das provas não me queixo,
Experimento perfeita paz,
Alegria que me satisfaz.

Quero mais e mais aprender de ti:
A ser manso e humilde, isto te pedi.
A ter nos olhos o amor
Que desfaz toda a dor
Do irmão, do próximo necessitado,
Que se encontra prostrado.
Quero cantar, contar para o mundo inteiro
Que o mais importante não é o dinheiro,
A fama, o nome, a posição,
Mas ter de Cristo o mesmo coração,
A mesma unção e poder para dar perdão.

Ser como o Mestre em pureza e bondade,
Sendo livre com ele nas asas da verdade!
Jesus é o modelo de vida para o cristão. Ele nos deu o seu Espírito Santo
para habitar em nós e conceder-nos o poder para ter esse caráter belíssimo
do Senhor: saber amar, perdoar, abençoar, se dar.

Eis o nosso grande alvo: ser como o nosso Mestre, na beleza de sua santidade,
refletir aqui no mundo a sua glória. E Deus trabalha para isso; pode ter certeza.

Pai, o que eu mais quero em meu viver é refletir a glória do caráter de Jesus, meu Mestre, aqui na terra. Ajuda-me. Sem teu Espírito Santo isso é impossível. Ensina-me a discernir a tua voz e a obedecer-te sempre. Amém.

Fonte: http://www.eucreio.com.br/

TV Paraíba tem estréia nesta quinta-feira

Nesta quinta-feira, 5 de agosto, a TV Paraíba estará de cara nova. Claro, não é nenhuma nova contratação para o jornalismo. É o novo cenário, que será visto por milhares de telespectadores.

Uma fonte, ligada ao Sistema Paraíba de Comunicação, assegurou pelo msn, que a correria foi grande para deixar tudo pronto para esta quinta.

A TV Cabo Branco, de João Pessoa, geradora de sinal para Campina Grande, também vai estar de cenário novo.

A fonte só não adiantou quanto o Sistema Paraíba de Comunicação está investindo nas inovações.

Mais um ponto para José Carlos da Silva e sua equipe de profissionais. Que, aliás, está desfalcada de um titular desde 2002...