sábado, 26 de abril de 2008

Coluna: Golaços de Veneziano

“GOLS” DE VENEZIANO
Considerado um dos melhores prefeitos do país, o de Campina Grande (PB), Veneziano Vital do Rêgo, está para marcar dois golaços em seu primeiro mandato à frente da Prefeitura: a conclusão do Mercado da Feira da Prata e dos terminais do Sistema Integrado de Transporte Coletivo da cidade, localizados no Largo do Açude Novo. Essa iniciativa do “Cabeludo” vai possibilitar que os campinenses possam se deslocar de um bairro para outro pagando apenas uma passagem. Que beleza!

VILA OLÍMPICA
O prefeito Veneziano já havia marcado um “gol olímpico” quando da inauguração da Vila Olímpica Plínio Lemos, um complexo esportivo localizado no bairro de José Pinheiro e que comporta várias modalidades que são oferecidas gratuitamente à população.

Para quem não sabe, essa Vila Olímpica foi construída no antigo Estádio Municipal Plínio Lemos (foto abaixo), onde, por décadas, parte integrante da história do Campinense Clube.

Minha alegria é vê o Plínio Lemos com a estrutura que está depois de contemplar, por muitos anos, na condição de cronista esportivo e na condição de Editor de Esportes do querido Diário da Borborema, o abandono a que fora exposto àquela praça esportiva.

É por isso que o povo de Campina jamais esquecerá o que vem sendo feito na administração de Veneziano.

Depois eu falo sobre as homenagens do prefeito a Valmir, José Aurino de Barros Filho e ao ex-cronista do DB, Humberto de Campos, falecido há pouco tempo.

A NOVA MÁRTIR
O Brasil tem uma nova mártir: Isabella Nardoni, a menina que foi assassinada covardemente por alguém (claro, mas quem?) às vésperas de completar seis anos de idade. O espaço que o caso ganhou da Imprensa nacional e internacional como sendo um dos assassinatos dos mais comovente em nosso país.

Que o fato teve grande repercussão não há dúvida, mas com certeza não faltará, amanhã, quem não dê uma sugestão de canonização. Se o fizeram com um frei que, segundo dizem, fez uma pílula que curou uma menina. Então, tudo é possível...

E AS ISABELLAS DE ONTEM, DE HOJE...?
O caso Isabella foi um prato cheio para a Polícia (leia-se Militar, Civil e Federal, Ministério Público etc). As polícias encontraram um caso para provar que têm competência para desvendar qualquer “mistério” na segurança nacional. E dá nome aos “bois” é uma honra para elas. E tem que fazer, sim, porque, realmente as nossas polícias estão desacreditadas. E esperamos que os assassinados de Isabella sejam conhecidos urgentemente.

A pergunta que faça aos ministros e secretários de Segurança Pública, delegados, juízes: E como ficam as outras Isabellas que foram vítimas de ódio maior do que esse caso?

NO CEARÁ...
...Uma criança de três anos foi morta, na madrugada da última terça-feira, no município de Jardim, que dista 542Km da capital Fortaleza. Ela foi estuprada e estrangulada e deixada num matagal com a boca cheia de capim. Luana de Jesus Amorim Miranda, que em julho próximo iria completar quatro anos, desapareceu de um parque de diversões, próximo a sua casa, na sede municipal, por volta das 19 horas de segunda-feira e só foi encontrada na madrugada de terça, já morta.

Eu estava na cidade de Sobral-CE, quando fui pego de surpresa com aquela notícia. E logo comentei o caso com um rapaz que nos servia no restaurante, lembrando que aquele era um caso que ficava isolado em solo nordestino.

GYSELLE
Apesar de ter perdido o prêmio do BBB8, A piauiense Gyselle Soares aumentou sua popularidade, não só no seu Estado de origem, mas em todo o País. Em seu blog pode-se ler inúmeras mensagens de pessoas de outros estados.

A popularidade de Gyselle é tamanha que a própria TV Globo reconheceu isso: O público gosta dela e o nome de Gyselle dá 'audiência'. Tanto que, no site da emissora, na página EGO, a piauiense, apelidada carinhosamente de "Cajuína", vem ocupando sempre o primeiro lugar.

JORNALISTA SOFRE, SOFRE...
Veja o que alguém escreveu a um colunista de Parnaíba-PI, depois que este chamou um deputado de petulante:

(...) Desde quando um "escritor" de blog (que nem mesmo sabe escrever direito), pode dizer que um DEPUTADO era petulante?? ou até mesmo ficar tecendo comentários idiotas, saiba que o dono do portal, muito meu amigo, pode acabar com sua gracinha. E olha isto dá processo meu filho! Agora se prepare, porque você também está com seus dias contatos Sr. Carlson Pessoa...na porca e na fossa! Seu comentário na sua matéria está descabida e infeliz, espero que você conserte...antes que consertem sua cabeça!

Que ameaça, heim?!!! A briga é grande, mas eu tenho um conselho aos dois que nem os conheço: existe uma frase que jamais deveria ser esquecida: “Para a sua luz brilhar não é necessário apagar a luz dos outros”.

CASAMENTO
Hoje acontece o casamento de minhas ex-ovelhas: Adson e Tamyres. Eles vão casar no Salão da Igreja Verbo da Vida, no bairro da Prata. Amanhã eu trago os detalhes.

Bom Final de semana

Gomes Silva é jornalista profissional

ISABELLA: A MAIS NOVA MÁRTIR DO BRASIL

Leila Cordeiro

Quase não há mais palavras para descrever a monstruosidade praticada por esse casal, Alexandre e Anna Carolina, contra aquela que eles deveriam ter protegido e preservado a vida toda. Acho que todo mundo já disse tudo e já os colocou no devido lugar que merecem…no lixo, no limbo, no inferno!

A polícia ainda está cautelosa em afirmar taxativamente serem eles os culpados pelo assassinato de Isabella, alegando que precisa ainda concluir as investigações, mas praticamente já deu como certa a culpa dos dois.

E aí, diante de tantas evidências, fica a pergunta: O que pode levar duas pessoas a matar uma criança indefesa? Que não venham dizer que foi por acidente, na busca de uma defesa improvisada. Isso não existe. As marcas de sangue descobertas por toda a parte, mostram o caminho do calvário de Isabella. Por alguma razão sórdida, a menina foi condenada à morte e executada friamente por seus verdugos.

Nem mesmo os vilões criados na imaginação dos escritores, os serial killer verdadeiros, as bruxas más dos desenhos animados, os assassinos dos filmes de terror, os inimigos das galáxias dos filmes de ficção chegam aos pés dessas duas criaturas abomináveis.

Nada que essa madrasta diga vai poder isentá-la da culpa. Nem que é doente mental e que na hora do crime não sabia o que estava fazendo. E o que dizer desse pai? Como ele teve a coragem de segurar as mãozinhas da própria filha soltando o corpo dela no espaço? Ele, não percebeu no auge da sua loucura perversa que estava jogando um pedaço dele mesmo fora?

Vendo as imagens desses dois, quase sendo linchados pela população, xingados de “assassinos” por onde passam, tendo que andar de cabeça baixa escoltados pela polícia, fico imaginando se a ficha ainda não caiu nessas cabeças ocas e, com isso, uma ponta de arrependimento não esteja martelando suas mentes doentias.

Pelas informações da polícia até agora, a gente pode concuir que eles estavam pensando que iriam sair dessa, impunes, que ninguém desconfiaria da história absurda de uma terceira pessoa ter entrado no apartamento , cortado a rede de proteção da janela, batido na criança jogando-a lá de cima, toda machucada. E isso tudo, em poucos minutos.

Vizinhos e um porteiro ouviram quando a madrasta chamou o marido de "ïncompetente”, talvez por ele não ter “completado” com sucesso o serviço do assassinato. Ela deve ter ficado apavorada por que Isabella ainda estava respirando e poderia sobreviver para contar a barbaridade da qual fora víítima apontando os verdadeiros culpados.

Infelizmente isso não aconteceu. Isabella se foi e com ela o segredo do que aconteceu na hora da sua própria execução.

Não estou dizendo nada novo neste meu artigo, nem tão pouco tirando conclusões que ninguém já tirou, e muito menos ainda fazendo um desabafo que ninguém fêz. Estou apenas sendo solidária à dor de um povo, do meu povo brasileiro tão marcado pela violência, um povo que realmente “cansou” da impunidade e quer justiça para a mais nova mártir do Brasil…Isabella!

Fonte: Direto da Redação