domingo, 14 de dezembro de 2008

PASTOR GOMES SILVA: Uma vergonha para os evengélicos campinenses#links

PASTOR GOMES SILVA: Uma vergonha para os evengélicos campinenses#links

Uma vergonha para os evengélicos campinenses


Entre os dias 8 e 13 deste mês (dezembro), Campina Grande comemorou a Semana da Bíblia. Foram três momentos importantes: abertura, dia 8; sessão especial na Câmara Municipal, dia 10; e o encerramento neste sábado, dia 13, além das palestras em instituições como Universidade Federal de Campina Grande; Universidade Estadual da Paraíba, 2º BPM, Corpo de Bombeiros e Exército.

Contudo, ficou provado que a maioria dos líderes evangélicos da cidade não valoriza eventos como este. Eles não compareceram! Poucos marcaram presenças, constituindo-se numa grande vergonha para Comunidade Evangélica Campinense.

Na abertura – em local não adequado para o momento -, quase não se fala que o dia era de abertura da Semana da Bíblia; na Câmara, a começar pelos vereadores que não apareceram (outra vergonha para a cidade), 88% - pelos meus cálculos -, dos pastores nem pisaram a rampa da “Casa de Félix Araújo”. No encerramento, salvaram-se poucos.

Ou seja, a boa vontade da OMEBE e o desbravamento de muitas pessoas, que trabalharam arduamente para esse evento acontecer foi “recompensada” pela vergonhosa ausência dos que deveriam estar presentes.

Uma vergonha para a Comunidade Evangélica Campinense.
O pior é que tem inúmeros pastores que cobram tanta unidade das suas ovelhas, participação... Mas eles próprios não sabem o que isso significa para suas vidas e para os seus próprios ministérios.

As ovelhas seguem seus pastores!

Mas, no meio de tudo isto, ficaram os pontos positivos. A mensagem do presbítero José Mário, na Câmara; do pastor Jorge Noda no encerramento; e a participação dos corais, orquestras, grupos de coreografias foram exitosas. Parabéns para os organizadores e para quem marcou presença nesses momentos.

Da Redação