Mostrando postagens com marcador Picuí. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Picuí. Mostrar todas as postagens

sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

CONHEÇA O SECRETARIADO DO PREFEITO OLIVÂNIO DANTAS, DE PICUÍ


Apesar de estar um pouco longe de Picuí, mas acompanhando praticamente tudo, graças aos amigos que informam pela internet e as minhas fontes "particulares" que me deixam a par de quase tudo, não posso tecer grandes comentários, embora conheça a maioria dos secretários.

SAÚDE: enfermeira Janaína – Não conheço o trabalho dela, mas sei que a responsabilidade será muito grande, pois é uma área que requer o chamado “jogo de cintura”.

EDUCAÇÃO: Guia Lucena – Conheço ela há muito tempo. Sabe os caminhos certos para lidar com essa área. Tem tudo para fazer um bom trabalho.

AGRICULTURA: Valdir Dantas – É veterinário. Apesar de ele já ter contato com o homem do campo, não sei se vai dá certo nessa secretaria.  Principalmente, pelo fato de haver poucos recursos destinados à agricultura - uma prática comum em boa parte dos municípios brasileiros.

INFRA ESTRUTURA: Alexandre – Filho de Lula Pinheiro, neto de Manoel Pinheiro, é formado em arquitetura. Trabalha na FAMUP até o final deste mês. Foi ele produziu a maquete do futuro Mercado Público de Picuí.

ASSISTÊNCIA SOCIAL: Kelles Lucena – É outra pessoa que tem tudo para dá certo. É uma área que requer muito paciência, humildade e boa comunicação com as pessoas... Pelo menos tem formação.

IPSEP: Paulo Lira – vereador com vários mandatos. É uma pasta na qual geralmente surge divergência entre o titular da pasta e o chefe do executivo... Ele terá muito trabalho pela frente.

ADMINISTRAÇÃO: Ronei – Um rapaz muito bom. Filho de Davi do Bar, conheço desde criança. Ele merece, pois está na Prefeitura desde o prefeito João Batista Balduíno (se não estou enganado. Alguém pode me ajudar nesse sentido). Além disso, muita gente gosta dele. Ele está numa secretaria que requer muita responsabilidade.

CHEFE DE GABINETE: Jucilene. Essa é, na minha opinião, a pasta que requer competência, confiabilidade por parte do prefeito, bom contato do titular com os demais secretários. Quando o prefeito não está na cidade, geralmente é o chefe de gabinete que resolve alguns pepinos... Pelo currículo dela não tenho dúvida de que tem tudo para ser exitosa na sua função. É Agente de Saúde do Município há vários anos, técnica em contabilidade e técnica em enfermagem. 

SECRETARIA DA FAZENDA: Márcio Renato. É outro que conheço desde adolescente quando ele aparecia na loja de seu avô, Marco Aurélio. É filho de Mariluce. Não tenho ciência de seu trabalho. Só sei que pegou uma  “pedreira” para tomar conta... É muito difícil administrar essa pasta. Mas, se Olivânio o colocou é porque conhece a competência dele. Mas não é uma garantia. Torçamos para que der certo.


COMUNICAÇÃO: Uma fonte disse agora à tarde que Janderrye será o coordenador de Comunicação. Já era esperado, embora a cidade tenha um rapaz muito competente para integrar a equipe de jornalismo da Prefeitura. Trata-se de Francisco Araújo, ex-funcionário da Rádio Cenecistas e dono do portal www.clickpicui.com.br.


PROCURADOR JURÍDICO – Joagny Augusto Costa. Bacharel em Direito, Procurador Jurídica da Câmara Municipal de Sossego(PB). Com certeza terá muito trabalho pela frente. É outro que, segundo informações de pessoas ligadas ao grupo do prefeito Olivânio, tem tudo para fazer um bom trabalho.



sexta-feira, 3 de maio de 2013

PICUÍ: Prefeitura apoia projeto fotográfico sobre os vaqueiros do Seridó

A Prefeitura Municipal de Picuí, através do Departamento de Cultura, abriu as portas da Casa da Cultura (antigo prédio do Picuí Clube) para o projeto "Fragmentos de uma Tradição" - Circulação e Diálogo.

O projeto é de autoria dos fotógrafos Pablo Pinheiro, Tiago Lima e Alex Fernandes que, por meio do Programa de Cultura Banco do Brasil, receberam incentivos para realizar exposições e oficinas em 06 municípios da região do Seridó Paraibano e Norte Rio-grandense.

A mostra fotográfica, com 20 obras que versam sobre os "Vaqueiros Tradicionais do Seridó", teve início no dia 30 de abril e segue até o próximo sábado (11/05), de segunda a sexta-feira, no horário das 8h às 12h e das 14h às 17h30.

As oficinas de fotografia também começaram na noite da última terça-feira (30), com a partifipação de cerca de 25 pessoas, entre professores, agentes e produtores culturais, jornalistas, entre outros. O objetivo é de potencialiar a fotografia na região a partir de experiências coletivas.

Para acompanhar o projeto, acesse: estudiop.wordpress.com

quinta-feira, 25 de abril de 2013

PICUÍ: Prefeitura e criadores se unem por melhorias no matadouro público municipal

A Prefeitura de Picuí, através da Procuradoria Jurídica e da Secretaria de Agricultura, promoveu, na noite desta quarta-feira (24), uma audiência com vários criadores de animais do município, afim de adequar o funcionamento do matadouro público municipal às normas vigentes.

Na audiência, foram apresentadas novas regras a serem seguidas pela melhoria do funcionamento do matadouro e da qualidade da carne a ser consumida por toda população. Para uso matadouro, será preciso apresentar do GTA - Guia de Trânsito Animal, dentro do novo horário de funcionamento, que será de segunda a sexta-feira, das 7h às 11h da manhã e das 13h às 17 da tarde. Não será permitida a presença de crianças e de animais de pequeno porte, como cachorros e gatos, e o depósito de carcaças dos animais abatidos, como cabeças e couros.

Na oportunidade, o secretário de Agricultura apresentou a planta baixa do novo matadouro, projeto em fase de elaboração, que vai estar dentro das adequações exigidas pelos órgão fiscalizadores. Karkon também já solicitou à Superintendência Federal de Agricultura na Paraíba a inspeção do terreno e autorização da preparação dos documentos necessários para construção do novo matadouro.

Estiveram presentes na reunião o procurador jurídico do município, Wanderley Dantas, o secretário de Agricultura, Karkon Oliveira, o responsável pelo matadouro, Wanderley Araújo, servidores municipais que trabalham no matadouro e criadores de animais que utilizam dos serviços deste equipamento.

Fonte: Site da Prefeitura


sábado, 8 de setembro de 2012

PICUÍ PERDEU UMA PESSOA MARAVILHOSA E EU PERDI UM AMIGO

Pr. Gomes Silva
Radialista


O Dia 7 de setembro não foi bom para este amigo velho, como diria o querido Evaldo Gonçalves. Participamos de um torneio de futsal aqui em Campina Grande, jogando pela Igreja O Basil Para Cristo, lá de Alagoa Grande, onde pastoreamos a CEPEA - Comunidade Evangélica Pentecostal Expressão e Amor, e fomos, digamos assim, massacrados pela arbitragem que, visivelmente, evitou que a nossa equipe conquistasse mais um título dessa competição. Mas o pior, pra mim, havia acontecido longe ali do Ginásio Esportivo do Estadual da Prata. Foi lá em Picuí, minha terra natal. Antônio Ferreira Dantas, meu amigo Antônio Dantas, praticou suicídio em sua própria casa, segundo informação de Francisco Araújo, do Portal ClickPicuí. Ele era filho de Chiquinha Ferreira, in memorian.
Lembro-me perfeitamente de Toinho antes, durante e depois que trabalhamos por muito tempo na Rádio Cenecista (aliás, começamos desde a fundação ao lado de amigos como J. Tavares, Francisco Araújo, Fernando Guedes, Aldeir Galvão, Alberto Araújo entre outros). E foi na gestão dele na direção que emissora que comecei a vida de locutor, justamente em um dia que ele e Jair Gomes foram a Currais Novos-RN, e tive que preencher o espaço do Programa Esporte Total. Quatro horas da madrugada daquele dia, ele mandou Jair me acordar, autorizando-me a apresentar o programa do qual fui apresentador por muito tempo.
Antônio Dantas, mesmo na condição de diretor da emissora da CNEC (ou Fundação de Desenvolvimento de Picuí - Fundepi) era uma pessoa extrovertida. Sempre tinha uma história hilariante para nos contar. Claro, sem faltar um cigarro na sua companhia. Era brincalhão e fazia amizade com todo mundo. Tinha muitas alhas, obviamente, mas, como cantava Paulo Sérgio, suas qualidades cobriam seus defeitos.
Não sei o que vinha acontecendo em sua vida particular. Mas, na última vez que o vi, na última eleição para governador, quando se encontrava em seu supermercado, algo me dizia que alguma coisa não estava bem na vida de Toinho. Bebendo muito, relaxando na direção do seu estabelecimento comercial e fumando muito - além do que já fazia. A conversa já não tinha nexo e sua fala já não possuia o entusiasmo dos tempos idos.
Toinha era casado com a Drª Neide com quem era de três filhas.
Sinceramente, Picuí perdeu uma pessoa maravilhosa e eu perdi um amigo.