sábado, 10 de maio de 2008

Igreja promete ao MP evitar poluição sonora

Maceió - A Igreja Evangélica Gideões de Deus firmou, nesta terça-feira (22/04), um Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta com o Ministério Público Estadual se comprometendo a só fazer uso de serviço de som em seus cultos após o licenciamento ambiental, fornecido pela Secretaria Municipal de Proteção do Meio Ambiente de Maceió (Sempma).

O termo de compromisso foi assinado pelo pastor Benedito Cândido Filho, durante audiência coordenada pelo promotor de Justiça Alberto Fonseca, da Promotoria Especializada de Defesa do Meio Ambiente.

Segundo o promotor de Justiça, o representante da Igreja Gideões de Deus foi convocado para firmar esse compromisso depois de denúncias feitas por moradores da Rua Hamilton Barros Soutinho, onde fica localizado o tempo religioso, na Jatiúca, em Maceió.

“Diante das reclamações dos vizinhos, foi instaurado um Procedimento Preparatório, que resultou nesse termo de compromisso, onde responsável pela igreja promete evitar ao máximo a poluição sonora no local, realizando suas pregações apenas com o emprego da voz”, explicou Alberto Fonseca.

A audiência foi realizada com a participação dos fiscais da Sempma Paulo Roberto Nunes e Alexandre Casado Gomes, que já estiveram na Igreja Gideões de Deus e constataram a veracidade das denúncias. Alguns moradores da Jatiúca, que assinaram o abaixo-assinado denunciando a poluição sonora, também compareceram à audiência, realizada na sede da Procuradoria Geral de Justiça.

Fonte: Alagoas 24 Horas